Português

APLICAÇÃO

SEJAM BEM-VINDOS AO SECTOR CONSULAR DA EMBAIXADA DA REPÚBLICA DE ANGOLA EM WASHINGTON, D.C., ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA

The Consular Section is located at the following address:
2100-2108 16th Street NW
Washington, D.C. 20009
Tel.: (202) 452-1042
Fax: (202) 452-1043

O Sector Consular da Embaixada de Angola em Washington-DC, EUA tem a missão de prestar assistência consular aos cidadãos angolanos residentes na sua área de Jurisdição adstrita, bem como a concessão de vistos de entrada em Angola à favor de cidadãos norte-americanos e nacionais de outros países residentes nos Estados Unidos da América.

Aos cidadãos (ãs) estrangeiros (as), portadores de passaportes ordinários, residentes nos Estados Unidos da América devem fazer-se acompanhar do cartão de residência permanente “Green Card” ou um visto outorgado pelos Serviços de Imigração Americana que seja válido no mínimo para seis (6) meses.

Adstrito à Missão Diplomática de Angola, o Sector Consular em Washington DC está sob direcção do Sr. Manuel Lourenço, 1º Secretário. O Sector dedica-se à assistência aos cidadãos angolanos no processamento de emissão de Salvo-Condutos, de passaportes nacionais, serviços de notariado: registo civil (assentos de nascimento, casamento, óbitos, entre outros). Oferece igualmente serviços de reconhecimento e legalização de documentos aos interessados cumprindo com as normas e Regulamentos exigido.

HORÁRIO DE ATENDIMENTO AO PÚBLICO

O Sector Consular da Embaixada da República de Angola em Washington,DC tem o seguinte horário de atendimento ao público:

Dias de semana Horário de atendimento Tipo de atendimento
Segunda-feira Das 9:30 às 13:00 Entrega de passaportes e outros documentos
Terca-Feira Das 12:00 às 15:00 Levantamento de passaportes e outros documentos
Quarta-feira Das 9:30 às 13:00 Entrega de passaportes e outros documentos
Quinta-feira Das 12:00 às 15:00 Levantamento de passaportes e outros documentos
Sexta-feira ---- Serviços interno

 

A solicitação de visto em passaporte ordinário é feita pessoalmente pelo interessado, com excepção dos passaportes Oficiais e Diplomáticos.

NACIONALIDADES ISENTAS DE VISTOS DE ENTRADA EM TERRITÓRIO ANGOLANO:

OBS: É favor, consultar o Sector Consular da embaixada de Angola em Washington,DC.

MODELOS DE CARTAS PARA SOLICITAÇÃO DE UM ACTO CONSULAR

 

ACTOS CONSULARES

REQUISITOS EXIGIDO PARA O REGISTO CONSULAR

  1. Bilhete de Identidade angolano/Certidão/Cédula pessoal; e cópia do passaporte;
  2. Prova de residência;
  3. Três (3) fotografias actuais coloridas tipo passe;
  4. Formulário devidamente preenchido.

OBS: Os documentos acima mencionados poderão ser apresentados mesmo caducados.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAR PASSAPORTE NACIONAL

  1. Inscrição consular actualizada;
  2. Formulário a ser preenchido no Consulado Geral;
  3. Três (3) fotografias coloridas tipo passe;
  4. Fotocópia do passaporte antigo;
  5. Declaração de serviço (para o caso de trabalhadores);
  6. Declaração emitida pela instituição académica (para o caso de estudantes);
  7. Fotocópia do BI e/ou certidão de nascimento. Cédulas/Assento de nascimento para crianças menores de 10 anos;
  8. Carteira de estrangeiro ou fotocópia do protocolo;
  9. Termo de responsabilidade, em caso de menores de 18 anos de idade;
  10. Comprovativo do pagamento dos emulumentos;
  11. Em caso de perda ou extravio de passaporte, apresentar boletim de ocorrência policial.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA SOLICITAÇÃO DE SALVO-CONDUTO

  1. Requerimentos dirigido a S. Excia. Sr. Embaixador a solicitar a autorização da emissão do salvo-conduto;
  2. Inscrição consular actualizada;
  3. Formulário devidamente preenchido;
  4. Documentos que comprovem a nacionalidade angolana;
  5. Fotocópia do passaporte;
  6. Em caso de perda ou extravio de passaporte, apresentar boletim de ocorrencia;
  7. Duas (2) fotografias tipo passe.
  8. Money Order passado em nome da Embaixada de Angola.

 

TRANSCRIÇÃO DE ASSENTO DE NASCIMENTO

REQUISITOS EXIGIDOS:

  1. Requerimento dirigido a S. Excia. Sr. Embaixador a solicitar a autorização da transcricão do Assento de Nascimento;
  2. Inscrição consular.
  3. Certidão original do registo efectuado nos EUA; e respectiva tradução em língua portuguesa (tradução oficial);
  4. Documentos dos pais que comprovam a nacionalidade Angolana.
  5. Emolumentos Consulares em money order.

OBS 1: Se os progenitores do Registando forem casados, bastará a presença de um dos dois, apresentando também a documentação respeitante ao outro. Se os progenitores do Registando não forem casados,  o que se fizer presente deverá fazer-se acompanhar de uma procuração autorizando a referida transcrição.

OBS 2: Todos os documentos em língua estrangeira deverão ser traduzidos em língua Portuguesa por tradutores oficiais e, consequentemente, reconhecidos pelo Sector Consular desta Embaixada.

 

TRANSCRIÇÃO DE ASSENTO DE CASAMENTO

Tal como todos os actos sujeitos a Registo, o Casamento de cidadãos angolanos celebrados no estrangeiros, obrigatoriamente têm de ser comunicados à Conservatória dos Registos Centrais em Angola a qual procederá o seu averbamento à margem do seu registo de assento de nascimento e consequente, mudança do seu estado civil.

Não basta ter contraído matrimónio no registo civil do país onde reside, para alterar o seu estado civil em documentos nacionais, implica portanto, a sua transcrição consular, para posterior remessa à Conservatória dos Registos Centrais em Angola.

Neste caso, um dos documentos a ser apresentado no acto da transcricão de casamento é o Assento original de casamento celebrado nos EUA.

 

TRANSCRIÇÃO DOS CASAMENTOS EFECTUADOS
NO REGISTO CIVIL LOCAL

  1. Carta dirigida ao Embaixador de Angola nos EUA a solicitar a autorização para a transcrição do assento de casamento;
  2. Inscrição Consular actualizada;
  3. Certidão original de nascimento dos dois;
  4. Passaportes para o nubente estrangeiro;
  5. Fotocópia dos passaportes e/ou BI´s autenticados pelo Sector consular da Embaixada de Angola nos EUA.
  6. Emolumentos consulares em money order.

 

CELEBRAÇÃO DE CASAMENTO

O processo preliminar é iniciado a requerimento dos Nubentes, que serão expressamente esclarecidos sobre os impedimentos matrimoniais.

A declaração para casamento é prestada sob juramento e a falça declaração faz indocorrer o Nubente em responsabilidade civil e criminal. Os nubentes que pretendam optar pelo regime de separação de bens deverão declará-lo expressamente.

DOCUMENTOS EXIGIDOS:

  1. Requerimentos dirigido a S. Excia. Sr. Embaixador a solicitar a autorização para a celebração do casamento;
  2. Inscrição Consular actualizada;
  3. Certidão de nascimento dos nubentes;
  4. Fotocópia dos BI dos nubentes. No caso de um dos nubentes ser estrangeiro, fotocópia autenticada do passaporte;
  5. Atestado de residência dos nubentes; caso um deles resida em Angola;
  6. Fotocópia do recenceamento militar do nubente;
  7. Documento de identificação de duas testemunhas;
  8. Declaração dos serviços do nubentes do sexo masculino (se não trabalha, uma declaração da instituição comunitária da áerea de residencia, dizendo que nao exerce nenhuma actividade lucrativa);
  9. Apresentação do atestado de capacidade matrimonial;
  10. Se um dos nubentes fôr divorciado, deve apresentar a respectiva certidão de divórcio, na falta desta pode apresentar uma Certidão de Nascimento em que já tenha sido averbado o divórcio.
  11. Emolumentos consulares em money order.

CASAMENTO POR PROCURAÇÃO

Pelo menos um dos nubentes tem de estar presente acompanhado do procurador do nubente ausente, munido da procuração e dos documentos exigidos no processo de celebração do casamento.

 

RECENCIAMENTO MILITAR

Para mais informação deve contactar o Sector Consular desta Embaixada.

PROCURAÇÕES

  1. Cópia do Passaporte da pessoa que confere os poderes;
  2. Cópia do passaporte e/ou do Bilhete de Identidade da pessoa a quem os poderes são conferidos;
  3. Uma carta derigida ao Consulado desta MD a solicitar a emissão de uma procuração, fazendo menção dos poderes que vai delegar à outrem.

 

DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA O ENVIO DE RESTOS MORTAIS

  • Certificado de óbito, passado pelo Departamento de Saúde e Higiene do Estado onde residia o falecido (Departamento de Registos de dados Vitais);
  • Certificado de Registo de Nascimento ou morte;
  • Declaracao do envio dos restos mortais do Estado onde residia o falecido para Luanda/Angola, proveniente do Departamento de Saúde dos EUA;
  • Declarção emitida pelo Departamento de Saúde e Higiene Mental que certifica que a causa de morte não foi por doenca transmissível;
  • Declaração do Director funerário que atesta que supervisionou o processo de embalsamento do corpo do malogrado;
  • Itinerário do voo e declaração da instituiçao do Estado aonde residia a indicar a pessoa ou instituição que vai receber o corpo do malogrado em Angola;
  • Passaporte ou outro documento de identificação do malogrado.