News & Announcements

07/04/2013: Comissão Económica do Conselho de Ministros reúne segunda-feira

Comissão Económica do Conselho de Ministros reúne segunda-feira

Luanda - A Comissão Económica do Conselho de Ministros realiza amanhã, segunda-feira (8 de Abril), em Luanda, a sua primeira sessão ordinaria para abordar questões de indole económico do país.

De acordo com uma nota do Secretariado do Conselho de Ministros chegada hoje à Angop, o encontro decorrerá no Palácio Presidencial a Cidade Alta, sob orientação do Chefe do Estado angolano, José Eduardo dos Santos.

Na sua V Sessão Extraordinária, realizada no dia 23 de Março, a Comissão Económica apreciou o Memorando sobre a Evolução dos Mercados Monetário, Cambial e Contas Externas referentes ao período de 11 a 15 de Março.

De acordo com o comunicado final da reunião, durante a mesma foi igualmente analisado o Memorando do Diferencial da Taxa de Câmbio entre os Mercados Secundário e Informal; o Memorando de Fundamentação das Remessas; o Instrutivo referente às Casas de Câmbio; o Relatório de Fundamentação da Constituição e Funcionamento das Casas de Câmbio; o Aviso de Constituição, Funcionamento e Extinção das Casas de Câmbio e o Instrutivo do BNA sobre o SPREAD MÁXIMO.

Relativamente aos Mercados Monetário, Cambial e das Contas Externas no período em referência, acrescenta o documento, destaca-se a diminuição do preço do petróleo (Brent) em 0,17%; o aumento de 0,82% do nível de
preços no consumidor entre os meses de Janeiro e Fevereiro, tendo-se constatado que a inflação acumulada do ano até ao mês de Fevereiro foi de 1,47% e que a liquidez dos bancos em Moeda Nacional, aumentou em cerca de Akz 1.126,9 milhões.

Por outro lado, refere que a taxa de câmbio no mercado primário manteve-se estável enquanto que no mercado secundário, a taxa de câmbio de notas depreciou-se em 0,26%, tendo-se verificado uma estabilidade no mercado
informal.

Apreciou igualmente o Plano de Caixa Mensal referente ao mês de Abril, que prevê a receita em Akz 220.828,03 e o fluxo total de pagamentos em AKz 334.681 milhões que corresponde integralmente à despesa do período.