News & Announcements

31/03/2013: Condições técnicas e logísticas preparadas para o censo piloto 2013

Condições técnicas e logísticas preparadas para o censo piloto 2013

Luanda – O Coordenador Geral do Gabinete Central do Censo, Camilo Ceitas, afirmou, em Luanda, estarem criadas todas as condições técnicas e logísticas para inicio do censo piloto 2013.

O censo piloto, que inicia a 16 de Maio do corrente ano, terá lugar em sete provinciais selecionadas, nomeadamente Luanda, Cunene, Huambo, Kuando Kubango, Kwanza Norte, Uíge e Namibe.

O também director-geral do Instituto Nacional de Estatística (INE), que falava à imprensa no final da visita de constatação do ministro do Plano e Desenvolvimento Territorial, Job Graça, efectou às suas instalações, considerou a visita do governante um vector impulsionador para o trabalho até a realização do censo piloto 2013.

Segundo Camilo Ceitas, o trabalho até ao momento cingiu-se na recolha de informações relativas à carta cartografa, com o intuito de municiar os agentes censitários de ferramentas Informou que serão recrutados
cerca de mil agentes, preferencialmente jovens estudantes e  professores para o censo piloto, enquanto para  o censo geral contam recrutar mais de 50 mil elementos, que serão, posteriormente, submetidos a acções de formação.

O responsável anunciou, por outro lado, que os trabalhos de campo da cartografia estão concluídos, faltando somente as áreas de difícil acesso em algumas províncias, que poderão ser atingidas com o apoio das Forças
Armadas Angolanas e da Polícia Nacional.

O Executivo angolano está engajado na preparação do Recenseamento Geral da População e Habitação (RGPH-2014), também designado por censo, uma operação completa de recolha, compilação, avaliação, análise e
publicação de dados demográficos e socioeconómicos num período específico de todas as pessoas residentes e das habitações existentes no país.

A realização do censo será determinante para se saber exactamente a estrutura da população angolana e da força de trabalho, a sua distribuição geográfica e as áreas de investimento prioritários.