News & Announcements

19/03/2013: Programas de normalização podem garantir integração regional

Programas de normalização podem garantir integração regional

Luanda - O secretário de Estado para a Indústria, Kiala Gabriel, afirmou em Luanda, que os programas de normalização, garantia da qualidade, acreditação e metrologia (SQAM), pela sua importância, podem garantir
a integração regional e global, permitindo aos estados membros da SADC competir no mercado internacional.

Ao falar na abertura da cerimónia de abertura da 28ª reunião das Estruturas do Comité da SADC-SQAM para a normalização, garantia da qualidade e acreditação, Kiala Gabriel referiu que o Executivo angolano acredita que a
facilitação do comércio e o crescimento industrial podem tornar a região economicamente mais forte, reduzindo a pobreza dos seus povos.

Salientou que o Executivo angolano tem procurado promover a cultura da qualidade e aumentar a exportação de mercadorias nos países da SADC, apoiando os Estados membros na criação das infra-estruturas necessárias para a normalização e garantia da qualidade.

“Temos de trabalhar duro, com objectivos claramente definidos e exequíveis, como uma região económica, só assim os nossos povos poderão tornar-se fortes”, disse o Kiala Gabriel.

Na ocasião, a directora do Instituto Angolano de Normalização da Qualidade (IANORQ), Teodora da Silva, referiu que a realização do evento demonstra o empenho do sector em criar, desenvolver e reforçar as capacidades
das instituições de normalização.

Sublinhou que o encontro constitui uma oportunidade para a troca de impressões com o sector privado, de modo a relembrar a importância das questões da qualidade para conquistar espaço no mercado.

Por seu turno, o presidente da SADC-SQAM, Alfredo Sitoe, disse acreditar que a qualidade sólida e infra-estrutura técnica constituem o “lubrificante essencial que mantém os motores em funcionamento”, facilitando a inovação.

Ainda na manhã de hoje vários técnicos ligados à normalização foram distinguidos com um certificados de reconhecimento, por contribuírem para o desenvolvimento e avanço da infra-estrutura da qualidade na região.

A reunião encerra nesta sexta-feira, dia 22.