News & Announcements

13/03/2013: Ministra Filomena Delgado aborda cooperação com o UNICEF

Ministra Filomena Delgado aborda cooperação com o UNICEF
Nova Iorque – A ministra da Família e Promoção da Mulher, Filomena Delgado, manteve ontem terça-feira, um encontro de trabalho com a directora executiva adjunta do Fundo das Nações Unidas para Infância (UNICEF),
Geeta Rao Gupta, durante o qual foi abordada a cooperação entre o Governo Angolano e este organismo.
A governante, que foi acompanhada pelo representante permanente de Angola junto das Nações Unidas,embaixador Ismael Gaspar Martins, informou a sua interlocutora sobre as acções do Executivo angolano em prol da protecção das crianças e manifestou o interesse do país em reforçar a cooperação com o UNICEF na implementação de vários programas.
O combate à malnutrição, melhoramento do saneamento básico e do fornecimento de água potável, entre outros, com realce para as zonas rurais, são alguns dos programas que o Governo espera o contínuo apoio e incremento da parceria com o UNICEF, para reduzir a mortalidade infantil, disse a ministra, sublinhando que o Presidente José Eduardo dos Santos dedica particular atenção à problemática das crianças e toma decisões para o seu bem-estar.
A directora executiva adjunta do UNICEF, que se encontrou com Filomena Delgado em representação do director executivo, Anthony Lake, ausente de Nova Iorque, reconheceu e encorajou os esforços que o Governo de Angola tem envidado no sentido de proporcionar às crianças condições sociais que contribuam para um crescimento sadio.
Geeta Rao Gupta regozijou-se, igualmente, com a aprovação, por Angola, da Lei Contra a Violência Doméstica, frisando que a medida demonstra a preocupação das autoridades angolanas com o fim da violência no género no
país.
Na ocasião, a alta funcionária das Nações Unidas convidou o Governo angolano a aderir à iniciativa “Compromisso com a Sobrevivência da Criança - Promessa Renovada”, lançada em Washington (EUA), em Junho de 2012, sob
os auspícios dos Estados Unidos da América, da Índia e Etiópia, em colaboração com o UNICEF, e que reuniu 700 líderes mundiais e especialistas.
A acção, à qual aderiram já 170 Estados, desafia o mundo a reduzir a mortalidade infantil abaixo de 20 mortes de crianças ou menos por mil nascidos vivos em cada país até 2035, meta que, a concretizar-se, permitirá manter mais de 45 milhões de crianças com vidas até àquele ano, “trazendo o mundo mais perto do objectivo final de acabar com mortes evitáveis de crianças”.
A ministra da Família e Promoção da Mulher prometeu trabalhar com os departamentos ministeriais do país que lidam com a matéria em causa, com vista a equacionar a assinatura do referido mecanismo de acção nacional e de
cooperação internacional entre governos e os diversos parceiros.
A ministra Filomena Delgado encontra-se em Nova Iorque desde o dia três do corrente mes, onde chefia a delegação multissectorial que participa na 57ª sessão do Comité das Nações Unidas sobre a Condição da Mulher,
cujo término está marcado para 15 de Março.