News & Announcements

24/02/2013: Angola necessita de instituições de ensino superior fortes - Adão do Nascimento

Angola necessita de instituições de ensino superior fortes - Adão do Nascimento
Luanda - O país necessita de instituições de ensino superior capazes de formar quadros que contribuam para que Angola se torne numa referência no continente africano, defendeu em Luanda, o ministro do Ensino Superior, Adão do Nascimento.
Falando na sessão de abertura do VII Encontro de quadros tocoistas que decorreu em Luanda durante dois dias, com a participação de 500 delegados e prelectores nacionais e internacionais, Adão do Nascimento avançou que se deve dotar o ensino superior de uma visão estratégica de desenvolvimento, razão pela qual solicitou a colaboração de todos os angolanos.
Realçou a necessidade de se ter uma capacidade institucional segura e capaz de assegurar esta visão estratégica tendo pessoas comprometidas com o rumo que o país está a tomar, com vista ao bem-estar dos angolanos.
Na óptica de Adão do Nascimento, é necessário que cada um adopte uma postura adequada, uma cultura académica e de trabalho próprio para a profissão de educadores, tendo em conta a pontualidade, assiduidade, entre
outros princípios.
Frisou que as instituições de ensino superior devem ter em conta o rumo que o país está a tomar, seguido da identificação das orientações superiormente emanadas e saber como implementa-las.
Advogou uma boa organização e gestão, uma vez que o subsistema do ensino superior prevê instituições públicas e privadas, mas mantendo o princípio de ensino superior público.
O evento decorre sob o lema " que ensino superior nós queremos ter", no qual serão abordados temas como o perfil sócio -educativo do profeta Simão Gonçalves Toco, reflexão sobre o processo constitutivo de instituições do ensino superior sob tutela da Igreja do Nosso Senhor Jesus Cristo no Mundo, eixos e linhas estruturantes do plano nacional de formação de quadros do executivo para o período 2013-2017, entre outros.
O encontro conta com prelectores nacionais e internacionais, convidados pela direcção da igreja, bem como responsáveis e quadros da instituição religiosa.
Assistiram a cerimónia de abertura do evento, que prossegue na tarde de hoje, para além do secretário de estado da Cultura, Cornélio Caley, o governador de Luanda, Bento Sebastião Bento, líderes de várias denominações
religiosas e fiéis de Igreja Tocoista.