News & Announcements

31/12/2012: Estudo sobre desenvolvimento do Zaire nas prioridades para 2013

Estudo sobre desenvolvimento do Zaire nas prioridades para 2013
Mbanza Kongo - O governador do Zaire, José Joanes André, anunciou esta sexta-feira, em Mbanza Kongo, que a prioridade do seu executivo para 2013 será a conclusão do estudo do programa de desenvolvimento da sua
província.
Discursando na cerimónia de cumprimentos de fim-de-ano, o governador salientou que o programa vai constituir-se em instrumento que traçará as orientações estratégicas das tarefas a executar a curto, médio e longo prazo,
nos mais variados domínios da vida socioeconómica da região.
Destacou como sectores os de energia eléctrica, água potável, transportes, reabilitação de estradas secundárias e terciárias, agricultura, indústria, comércio, turismo, cultura, pescas, saúde, educação, juventude e desportos, emprego, acção social, cooperação e reforço institucional, entre outros.
A dotação às administrações municipais de pessoal técnico capaz de garantir uma prestação de serviço público eficiente, com a promoção de seminários de capacitação de quadros e troca de experiências com algumas
províncias do país figuram também dos propósitos prioritários traçados para o próximo ano.
Joanes André considerou também como grande desafio do seu governo o início do programa de requalificação da cidade de Mbanza Kongo em 2013, cujos estudos e projectos disse estarem já concluídos, que prevê a
construção de infra-estruturas com o recurso a parceria público-privada.
Explicou que a intenção é a requalificação de zonas consideradas de risco para a habitabilidade para realojar os respectivos habitantes nas áreas mais seguras.
Para o governador do Zaire, estas e outras acções exigem dos responsáveis e funcionários do seu executivo uma observância com rigor, das normas e procedimentos do funcionalismo público, combinada com espírito de
missão, a fim de se proporcionar à província um serviço público a altura das suas necessidades.
Apresentaram cumprimentos de fim-de-ano ao chefe do executivo do Zaire membros do governo, representantes das forças de defesa, segurança e ordem interna, magistrados, entidades eclesiásticas, tradicionais, entre outros estratos da sociedade civil da província.