News & Announcements

20/07/2012: Vice-presidente da República na Cimeira da CPLP

Vice-presidente da República na Cimeira da CPLP
Luanda - O vice-presidente da República, Fernando da Piedade Dias dos Santos, está na cidade de Maputo, Moçambique, onde, em representação do Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, vai participar na IX Cimeira de chefes de Estado e de Governo da Comunidade de Países de Língua Portuguesa, CPLP.
No Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, em Luanda (Angola), o vice-presidente recebeu cumprimentos de despedida dos ministros da Assistência e Reinserção Social, João Baptista Kussumua, da Família e Promoção
da Mulher, Genoveva Lino, e da Educação, Mpinda Simão.
A decorrer sexta-feira (20), sob o lema central “A CPLP e os desafios da segurança alimentar e nutricional”, no encontro, a República de Moçambique vai receber de Angola a presidência rotativa da organização, devendo
assumi-la por um período ininterrupto, salvo situações extremas, de 24 meses.
O tema em referência está relacionado com a estratégia de segurança alimentar e nutricional da CPLP, aprovada em 2011, e que visa objectivamente contribuir para a erradicação da fome e da pobreza nos países membros, através do reforço da coordenação entre os Estados e da maior governação das políticas e programas sectoriais de segurança alimentar e nutricional.
O encontro de hoje, sexta-feira foi antecedido da XXIV reunião dos Pontos Focais de Cooperação, da reunião do Grupo Técnico de preparação do 155º Comité de Concertação Permanente, e consequente encontro do Comité
Permanente.
Ontem, decorreu a XVII reunião ordinária do Conselho de Ministros, que prepara os documentos a serem submetidos na Cimeira de chefes de Estado e de Governos da Comunidade.
Participarão na Cimeira, chefes de Estado e de Governo da Comunidade, o secretário executivo da CPLP, três observadores associados, no caso a Guiné Equatorial, Maurícias e Senegal e convidados.
Criada a 17 de Julho de 1996, a CPLP integra Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.