News & Announcements

24/06/2012: Luzia Inglês ressalta contributo do nacionalista Mário Leonel

Luzia Inglês ressalta contributo do nacionalista Mário Leonel
Luanda - A secretária-geral da Organização da Mulher Angolana (OMA), Luzia Inglês “Inga”, realçou ontem domingo, em Luanda, o contributo à causa da pátria do nacionalista Mário Leonel, falecido quinta-feira, em Luanda, vítima de doença.
Falando à imprensa momento antes do funeral no cemitério Alto das Cruzes, Luzia Inglês disse que este nacionalista era daquelas pessoas que albergava e ajudava a todos.
Explicou que no quadro do processo de luta, após a sua fuga para o então Congo-Leopoldville, como consequência da perseguição das autoridades coloniais portuguesas, este passou a ser uma dos principais figuras
no apoio aos nacionalistas que iam chegando a este país.
Por este motivo, como dirigente da OMA e militante do MPLA, lamentou o desaparecimento físico de Mário Leonel, que conhecia desde 1964, enquanto amigo e companheiro de luta.
Mário Leonel António Ferreira Correia integrou-se na guerrilha libertadora dirigida pelo MPLA-Movimento, em Janeiro de 1961, no então Congo-Leopoldville (hoje República Democrática do Congo), onde procurara refúgio, tendo desempenhado, nele, funções de destaque, nomeadamente a de membro do seu Comité Director.
Regressado ao país, em Setembro de 1974 e com a proclamação da Independência Nacional, em 11 de Novembro de 1975, foi integrado, inicialmente, nos quadros da Presidência da República e, depois, na diplomacia, tendo sido cônsul-geral de Angola nas repúblicas Democrática do Congo e de Cabo Verde, bem como na cidade do Cabo, na África do Sul.
Nacionalista convicto, Mário Leonel, falecido aos 80 anos, integrou-se na guerrilha libertadora dirigida pelo MPLA – Movimento, em Janeiro de 1961, no então Congo-Leopoldville (hoje República Democrática do Congo), onde
procurara refúgio, tendo desempenhado, nele, funções de destaque, nomeadamente a de membro do seu Comité Director.