News & Announcements

23/06/2012: Inaugurado primeiro Centro Nacional de Dados Tecnológicos

Inaugurado primeiro Centro Nacional de Dados Tecnológicos

Luanda – Com novas tecnologias de rede de dados e sem fios foi inaugurado na zona do CTT, em Luanda, o primeiro Centro Nacional de Dados Tecnológicos de Angola, uma estrutura que vai actuar como suporte informático do processo da governação electrónica do país.

Ao falar no acto de inauguração, o ministro das Telecomunicações e Tecnologias de Informação, José Carvalho da Rocha, assegurou que o projecto vai maximizar a eficiência e produtividade dos serviços administrativos, assim como providenciar a alta velocidade e maior qualidade das comunicações.

Desta forma, prosseguiu, o executivo angolano pretende estimular a cultura científica e tecnológica, a criação e o fortalecimento de um sistema nacional de Ciência e Tecnologia.

O Centro Nacional de Dados Tecnológicos de Angola, cujas obras de construção e apetrechamento custaram 43.7 milhões de dólares norte-americanos (um dólar equivale 95,593 Kwanzas), resulta de um financiamento
comparticipado dos governos de Angola e da Coreia do Sul, no âmbito do Fundo de Desenvolvimento Económico e de Cooperação do país asiático.

A estrutura de três andares prevê beneficiar também universidades, institutos de investigação e algumas escolas de Luanda, localizadas próximo do edifício, onde foram providenciados todos os elementos de segurança informática.

O centro vai funcionar 24 horas ao dia para integração dos dados dos diversos organismos do Governo, com maior disponibilidade, estabilidade, confiabilidade, gestão centralizada do fornecimento de energia e climatização.

Implementado no quadro das estratégias de melhoria de segurança informática do Ministério das telecomunicações e Tecnologias de Informação, a infra-estrutura vai  funcionar, igualmente, como sistema de
recuperação de dados informáticos, em caso de qualquer desastre natural ou não, e de reconhecimento biométrico (impressões digitais).

Com a entrada em funcionamento do centro, construído em dois anos, dezenas de postos de trabalho vão ser criados. Está prevista a criação de outras duas estruturas do género (em Luanda e Benguela) que vão servir de
suporte ao centro inaugurado hoje, sexta-feira, em Luanda.