News & Announcements

06/05/2012: Cooperação internacional foi determinante para o desenvolvimento

Cooperação internacional foi determinante para o desenvolvimento
Luanda - A cooperação internacional foi utilizada pelo Executivo como instrumento essencial para o esenvolvimento, através do estabelecimento de acordos com vista a alteração da situação social e económica do país, após o conflito armado.
A afirmação é da secretária para os Assuntos Judiciais e Jurídicos do Presidente da República, Florbela Rocha Araújo, a propósito do regime jurídico dos Tratados Internacionais ratificados por Angola.
Disse que a política do Executivo angolano visou igualmente combater os problemas mais complexos do país.
A jurista afirmou que este plano do Governo no domínio internacional teve como fundamento a cooperação para o desenvolvimento, facto que incentivou o incremento de medidas atinentes ao desenvolvimento da economia
nacional, através do financiamento de programas que privilegiam o sector mais vulnerável da economia angolana.
Assim, prosseguiu, passou-se a apoiar os projectos de industrialização, construindo-se infra-estruturas modernas, desde habitações sociais, condomínios, hospitais, pequenas indústrias, bem como programas do sector agrícola, educação e outros.
"Esta abordagem foi designada de paradigma dos projectos sectoriais, visto que consiste em apoiar directamente projectos de vários sectores económicos e sociais", afirmou.
Florbela Araújo disse estar convicta de que se podem desenvolver ideias inovadoras no campo da política da cooperação internacional, as quais contribuirão para a configuração do reforço das relações internacionais
do país.