News & Announcements

05/03/2012: Vice-presidente enaltece políticas para crescimento do ensino superior

Vice-presidente enaltece políticas para crescimento do ensino superior
 

Luanda – O vice-presidente da República, Fernando da Piedade Dias dos Santos, declarou que o sub-sistema de ensino superior registou um crescimento substancial fruto da política do Executivo para o seu fomento e expansão.


Fernando da Piedade discursava na cerimónia oficial de abertura do ano académico 2012 do ensino superior, a decorrer sob o lema “Ensino superior: na senda da qualidade do ensino e da investigação em prol do desenvolvimento nacional”.


Especificou que aumentou o número de instituições, de infra-estruturas, de cursos de graduação e de pós-graduação, com realce para os cursos de especialização e de mestrado, bem como do seu corpo discente, docente e administrativo.


Adiantou que neste momento estão em funcionamento 38 instituições de ensino superior, das quais 16 públicas e 22 privadas e o número de estudantes, em 2011, atingiu 150 mil, o que representa um crescimento na ordem de 44% desde 2009, evidenciando, desse modo, o cumprimento da orientação do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, relativa à triplicação dos efectivos escolares.


Segundo o vice-presidente da República, contribuíram para este sucesso, as políticas públicas para o fomento, o desenvolvimento e a expansão do ensino superior, tanto nas instituições públicas como nas privadas, bem como a aprovação e a implementação de legislação que orienta e estabelece as normas de funcionamento e organização das instituições de nível superior.


Acrescentou que foram também aprovados outros diplomas legais que constituem a base do funcionamento do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação, que tem como uma das suas principais missões a dinamização e o reforço da actividade científica no país, reconhecida como baluarte da qualidade do ensino.


As linhas orientadoras e as normas reguladoras plasmadas nos diplomas aprovados apontam também para uma maior aproximação das instituições do ensino superior à sociedade, constituindo, deste modo, pressuposto de suma importância na promoção do desenvolvimento sustentado do país, no âmbito da melhoria da qualidade de vida do povo angolano, objectivo principal definido pelo Executivo, realçou.


“A implementação efectiva do binómio universidade-sociedade, constitui a tarefa fundamental da universidade, enquanto instituição social”, declarou Fernando da Piedade.


Durante o discurso, Fernando da Piedade afirmou que o incremento do número de vagas nas instituições de ensino superior torna possível que milhares de jovens prossigam os seus estudos em Angola.


Este facto, prosseguiu, é importante para a formação de quadros competentes identificados com a realidade do país, contribuindo para o crescimento intelectual da juventude e na sua simultânea preparação para a defesa e valorização das grandes conquistas alcançadas.


Para o efeito, de acordo com o vice-presidente, é crucial a aposta na educação para a cidadania, conduzindo o estudante no saber ser, fazer e estar, configurando assim, o novo homem angolano.