News & Announcements

05/03/2012: Mais de quatro mil quilómetros quadrados desminados no país

Mais de quatro mil quilómetros quadrados desminados no país
 Luanda  - Quatro mil e 300 quilómetros quadrados, incluindo áreas agrícolas, reservas fundiárias, estradas, caminhos-de-ferro, entre outras infra-estruturas equivalentes a 500 mil campos de futebol,  foram desminados pelas diversas operadoras, no âmbito do Programa do Executivo para  2010/2011.

 

Esta informação está expressa numa nota de imprensa da Casa Civil da  Presidência da República,  tornada  publico hoje, segunda-feira, a qual refere que , no quadro do desenvolvimento do Programa do Executivo para  2010/2011, a acção  foi desenvolvida por operadores de desminagem do Estado (Forças Armadas Angolanas, Gabinete de Reconstrução Nacional,  Instituto Nacional de Desminagem e Polícia de Guarda Fronteira) e das organizações não governamentais e empresas privadas de  desminagem.

A nota, que cita um  relatório da Comissão Executiva de desminagem, sublinha o grande esforço financeiro do Executivo para dotar as Brigadas de Desminagem do Estado com os indispensáveis meios logísticos e técnicos, tendentes a garantir a  segurança e eficácia das suas acções, e para dar formação e  treino a mais de 300 especialistas e desenvolver acções de  educação sobre o risco de minas para adultos e crianças. 

Em 2011 foram assim detectadas, neutralizadas, removidas ou destruídas cerca de 440 mil minas anti-pessoal e 24 mil minas  anti-tanque e destruído outro material letal, havendo no entanto a lamentar no período em referência 34 mortos civis, 43 feridos civis e cinco viaturas danificadas.  

Por essa razão, o relatório da Comissão Executiva de Desminagem recomenda que as autoridades locais e a sociedade  civil continuem a incentivar a educação sobre os riscos de minas e de outros engenhos explosivos não detonados, esforço esse que deve contar com um maior envolvimento da comunicação social na sensibilização dos cuidados a ter com vista a prevenir a ocorrência de acidentes.

  De acordo com o que estabelece o Programa Executivo de Desminagem, as prioridades para o ano de 2012 incluem, entre  outras acções igualmente importantes, a conclusão das  actividades de limpeza das reservas fundiárias definidas  pelos governos provinciais, a intensificação das actividades de desminagem das áreas agrícolas, mineiras e turísticas e de  estradas secundárias e terciárias e o reforço das actividades de  educação contra o risco de minas nas comunidades.