News & Announcements

04/03/2012: Censo piloto arranca em Julho

Censo piloto arranca em Julho

Luanda - O director-geral do Instituto Nacional de Estatística (INE) anunciou, na cidade de Luanda, para Julho um censo piloto para testar a estrutura organizativa, logística e operacional preparada para o recenseamento geral da população e habitação em 2013.

Camilo Ceita, que falava num seminário sobre recenseamento geral da população e habitação dirigido a jornalistas, disse que o censo piloto se realiza nas províncias do Uíge, Kwanza-Norte, Luanda, Bié, Moxico, Namibe e Cunene.

O contexto geral em que o país começou com o processo de recenseamento geral da população e habitação, sublinhou, é marcado pela falta de experiência da entidade encarregada da sua realização e de representações do INE em metade das províncias, bem como por dificuldades de acesso a certas zonas do interior.

A toponímia e os mapas do país desactualizados, referiu, completam o contexto em que decorre o processo que vai permitir determinar quantos somos, como somos, onde vivemos e como vivemos, identificar a estrutura da população e da força de trabalho, a distribuição geográfica da população e as áreas de investimentos prioritários.
Neste momento, afirmou, o INE trabalha na actualização da cartografia censitária do país, na instalação dos seus serviços nas províncias onde eles não existem, na aquisição de bens e de equipamentos para a operação censitária e no recrutamento e formação de pessoal.

No quadro da preparação do processo, o Instituto Nacional de Estatística realizou, em Janeiro deste ano, na cidade de Caxito, uma acção de formação, em que participaram 150 jovens do Kwanza-Norte, Kwanza-Sul, Uíge, Zaire e Bengo.

Os candidatos a técnicos de recolhas de dados, adiantou o director Camilo Ceita, devem ter habilitações literárias não inferiores à décima classe e uma caligrafia legível para facilitar a compreensão das informações que  vão ser recolhidas.