News & Announcements

15/02/2012: Cadastrados mais de sete milhões de eleitores em todo o país

Cadastrados mais de sete milhões de eleitores em todo o país

Luanda - O vice-ministro da Administração do Território para os Assuntos Institucionais e Eleitorais, Adão de Almeida, em Luanda, que desde o início do processo de registo e actualização dos dados eleitorais, em 29 de Julho de 2011 até 13 deste mês, foram cadastrados mais de sete milhões de eleitores.
Adão de Almeida anunciou este dado em conferência de imprensa, que visou fazer um balanço provisório do processo de registo e actualização dos dados eleitorais, quando restam dois meses do término da empreitada, fixado para 15 de Abril próximo, visando as eleições gerais previstas para este ano.
Indicou que das 526 brigadas previstas para esta última etapa do processo, iniciado a 5 de Janeiro de 2012, estão já a funcionar 480, devendo as restantes entrar em acção nos próximos dias, depois de alguns acertos.
O responsável estimou que o número obtido até agora é um indicador positivo, tendo em conta as metas definidas pelo órgão registador.
Disse que do ponto de vista de dispersão territorial e do alcance das diferentes localidades, os dados relevados são satisfatórios no que respeita a cobertura nacional e no cumprimento das regras e princípios legais que orientam o processo de registo eleitoral.
Declarou que a faixa de sete milhões de eleitores representa 80 por cento em termos percentual “e pensamos que mantendo o ritmo de trabalho normal e fazendo ligeiras melhorias, quer do ponto de vista técnico quer logístico, teremos condições para terminar o processo no dia 15 de Abril conforme o prazo estipulado”.
Por outro lado, esclareceu que esta segunda fase do processo tem sido marcada pela criação de condições para se iniciar a tarefa de transferência da base de dados e de mais elementos para a Comissão Nacional Eleitoral (CNE), até 15 de Maio, tal como estabelece a Lei Orgânica sobre as Eleições Gerais.
Adão de Almeida explicou que a organização do processo de passagem dos dados para a CNE passa pela recolha dos dados eleitorais produzidos pelas brigadas de registo espalhadas pelo país, e o respectivo tratamento, para que até 15 de Maio se conclua o processo, nos termos da lei.