News & Announcements

13/02/2012: Vice-presidente angolano defende cooperação para a prosperidade

Vice-presidente angolano defende cooperação para a prosperidade
 
Binh Phuoc (Do enviado especial) – O vice-presidente da República, Fernando da Piedade Dias dos Santos, reafirmou em Binh Phuoc, Vietname, o interesse do reforço da cooperação para a prosperidade dos dois países, com realidades históricas “muito comum”.
 
Fernando da Piedade falava durante um encontro com representantes de uma fábrica de processamento de castanha de cajú (Hamyco), no quadro da visita de trabalho de cinco dias, que efectua a República Socialista do Vietname.
 
“É com satisfação que constatamos que a vossa evolução para economia de mercado tem sido um sucesso referenciado internacionalmente, e nós estamos aqui para ver “in loco” a vossa experiência, estudá-la e encontrar formas de reforçar a cooperação bilateral”, declarou.
 
Para o vice-presidente, o facto da companhia Hamyco empregar mais de 2 mil e 500 trabalhadores, "é um bom exemplo para Angola, que também necessita de combater o desemprego e, consequentemente, reduzir a pobreza".
 
Afirmou ser possível desenvolver a cooperação entre empresas e empresários dos dois países, “porque se estivemos juntos nos momentos mais difíceis, devemos continuar unidos na luta para o desenvolvimento dos dois países”.
 
“É uma cooperação entre aqueles que foram pobres, mas que pretendem ser prósperos”, destacou.
 
Lembrou que Angola e o Vietname têm uma história com muita realidade comum, pois que a mesma (história) foi durante muito tempo um exemplo e serviu de inspiração para a luta de libertação dos angolanos.
 
"Os dois povos estiveram submetidos a regimes coloniais, fizeram uma longa luta de libertação nacional e ainda foram obrigados por influências externas a ter uma luta entre irmãos, mas suportando sacrifícios venceram", ressaltou Fernando da Piedade.
 
Referiu que em todos estes processos o Vietname esteve sempre em frente e Angola quer seguir os passos vietnamitas.
 
A empresa de exploração da castanha “Hamyco” tem rendimentos anuais que variam entre os cinco e seis milhões de dólares americanos.
 
Integraram a delegação do Vice-presidente os ministros da Ciência Tecnologia e Ensino Superior, da Saúde, da Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pescas, os governadores da Lunda Norte e da Lunda Sul, os secretários de Estado da Cooperação e da Indústria, o vice-ministro dos Petróleos, os vice-governadores do Bengo e Moxico.
 
Fazem parte também directores e assessores do seu gabinete.