News Archives

11/06/2018: Sérvia quer formar cadetes angolanos

Sérvia quer formar cadetes angolanos

Luanda - Vinte e cinco cadetes das Forças Armadas Angolanas (FAA) poderão ser formados nas áreas militares e de medicina na República da Sérvia, em 2019, no quadro da cooperação existente entre os ministérios da Defesa de Angola e daquele país do sudeste europeu.

No quadro de um acordo comercial, a Sérvia pretende instruir 10 cadetes em formação básica militar e 15 em estudos académicos de medicina, na Academia Militar de Medicina, sendo que três participarão gratuitamente na respectiva formação.

A pretensão foi apresentada nesta segunda-feira, em Luanda, pelo secretário de Estado da Sérvia, Aleksandar Zivkovic, na 4ª reunião do Comité de Cooperação de Defesa Angola-Sérvia, que decorre até ao dia 13 do corrente mês. O secretário de Estado para os Recursos Materiais e Infra-estruturas, Afonso Carlos Neto, representa a parte angolana.

Caso Angola anui a pretensão, os cadetes iniciam os estudos em Janeiro próximo, segundo o secretário de Estado da Sérvia, Aleksandar Zivkovic.

A Sérvia propôs ainda um acordo sobre a troca e a protecção mútua de dados confidenciais, cooperação nos serviços de segurança e na luta contra o terrorismo.

Pretende igualmente, o aprofundamento da cooperação no domínio científico e investigativo, bem como concretizar a cooperação no âmbito da economia militar, no que concerne ao equipamento, reparação de determinados meios das tropas terrestres, aviação e protecção anti- aérea, entre outros.

Aleksandar Zivkovic anunciou para Julho um encontro entre os chefes de Estado-Maior General das respectivas forças armadas, para o aprofundamento das relações de cooperação.

Na ocasião, o secretário de Estado para os Recursos Materiais e Infra-estruturas, Afonso Carlos Neto, afirmou que o Ministério da Defesa Nacional pretende aprofundar a cooperação com a Sérvia, com maior incidência nos domínios da formação de quadros.

A 4ª reunião analisa o grau de execução das recomendações do 3º encontro, realizado em Janeiro de 2016, em Belgrado (Sérvia), e reforça o Acordo de Cooperação no Domínio da Defesa entre os dois países.