Press Release

20/09/2016: CAFÉ CAZENGO DE ANGOLA CHEGA AOS EUA

CAFÃ CAZENGO DE ANGOLA CHEGA AOS EUA
Washington – Ao fim de mais de 40 anos, café produzido em Angola volta a estar disponível no mercado americano. Um carregamento de 11 toneladas chega na tarde de àmanhã, quarta-feira dia 21 de Setembro de 2016, ao porto de Baltimore, Estado de Maryland.

 

De marca, produzida pela Triases, este carregamento de café Cazengo representa a internacionalização da firma Angolana, uma produtora afecta à Cooperativa de Café do Kikulungo, província do Kwanza-Norte.

José Gonçalves, gestor e director da Triases, disse ao jornal O País que já têm exportado pequenas quantidades para Portugal e para a China.

"Esta é a primeira vez que exportamos um contentor. A ideia é ir mais longe", disse na oportunidade.

A entrada no mercado dos Estados Unidos é o resultado de uma parceria com um grupo americano, a quem caberá fazer a distribuição do produto.

De acordo com Courtney Brown, gestor de vendas da Triases no EUA, as consultas entre as duas partes começaram em Novembro de 2015, por altura da sua primeira visita a Angola.

" Nos últimos cinco meses aceleramos as coisas e este é o ínicio da distribuição do café", disse, acrescentando que neste momento existem mais de cem cafés, bares e restaurantes interessados na compra do Cazengo.

Os compradores estão distribuídos por várias cidades dos Estados americanos nomeadamente, Nova Iorque, Detroit (Michigan), Miami (Flórida), Atlanta (Geórgia) e em Houston (Texas).

A estratégia de penetração no mercado dos Estados Unidos, inclui eventos dedicados à apresentação do produto. Courtney Brown diz que vários restaurantes e casas especializadas comprometeram-se a acolher as exposições itinerantes (road shows).

O carregamento que àmanhã chega ao porto de Baltimore, Estado de Maryland, será todo da variante robusta. Uma parte em grão, outra em pó", disse, Courtney Brown.

Segundo Courtney Brown a ideia é passar a distribuir 10 a 20 contentores por mês. O nível a que o negócio chegou, levou  um período de três meses de várias sondagens no mercado americano.

O próximo carregamento está previsto para o mês de Novembro, altura em que deverão chegar aos EUA cerca de 13 toneladas.  O café Cazengo tem o benefício de ter origem única, isto é, não misturado, e dos consumidores americanos nunca terem tido oportunidade de o provar.

Referindo-se à competitividade prevalecente no mercado dos EUA, Courteny Brown, disse que o efeito novidade tem criado expectativas bastante animadoras.

Courteny Brown e a sua equipa escolheram New Jersey como o centro de distribuição para todo o território Angolano.

Informação disponível no site do café Cazengo, indica que o mesmo é  produzido nas montanhas do Banga e nos vales do Kikulungo e Bolongongo. A Triases é uma unidade de torrefação em Kikulungo.

Constituída em 2010 a Cooperativa de Café do Kikulungo integra grupos de pequenos produtores tendo como núcleo duro, a família Triases cuja ligação ao café tem mais de 70 anos.