News & Announcements

06/02/2016: Quiçama tem potencialidades para pólo de desenvolvimento turístico - Higino Carneiro

Quiçama tem potencialidades para pólo de desenvolvimento turístico - Higino Carneiro

Luanda - O governador de Luanda, Higino Carneiro, afirmou nesta sexta-feira, que a Quiçama pode deixar de ser um município rural e tornar-se num pólo de desenvolvimento turístico, melhorando assim a qualidade de via dos seus habitantes.

Falando durante o encontro realizado na administração da Quiçama, o governador afirmou que se os projectos como o Pólo de Desenvolvimento Turístico de Cabo Ledo, o Plano Director  do município, construção da Basílica da Muxima e  no Parque  Nacional da Kissama  forem  implementados vão mudar a imagem da Quiçama, deixando de ser apenas um local de peregrinação.

" É necessário que se mude o quadro. As pessoas devem trabalhar, atrair investidores. Há coisas que podem ser feitas sem dificuldade alguma como o habitat ", referiu.

O governador apontou os projectos de pesca fluvial e marítima, agricultura, entre outros projectos turísticos que podem ser feitos para que o município da Quiçama não tenha apenas o turismo religioso.

Quanto aos 110 alunos fora do sistema de ensino público devido a dispersão das aldeias, o governador orientou que se encontre uma solução para que sejam integrados em outras instituições de ensino.

É necessário um reassentamento populacional porque a dispersão não ajuda o governo a criar condições de vida propicias para o mesmo cidadão, prosseguiu o dirigente, não quer dizer que se fundam as aldeias, pode-se encontrar uma figura urbanística com denominações onde possa ter a escola, posto de saúde , entre outras infra-estruturas, mas tem que haver um dialogo com as autoridades tradicionais sobre as vantagens da mudança.

Apontou a necessidade da construção de um aterro na Quiçama para que não se percorram grandes distâncias para a deposição dos resíduos sólidos, assim como a necessidade da construção de uma ponte sobre o rio longa para ligar o Cuanza sul a população daquele município.

Higino Carneiro orientou a distribuição imediata dos 100 focos habitacionais do Coxi Muxima funcionários da administração para que passem a viver na Quiçama  e não na cidade de Luanda como acontece actualmente.

" Temos casas aqui  e a partir deste momento deve-se tratar de vender estas casas aos funcionário. O gabinete de infra-estrutura e de habitação devem trabalhar no processo de compra e venda de maneira que as pessoas vivam aqui. Situação que deve ser estendida para o Cabo Ledo que também tem 100 casas por habitar e espero que dentro de dois meses se altere o quadro aqui", recomendou.

Durante a sua deslocação ao município da Quiçama, o governador de Luanda visitou os 100 focos habitacionais do Coxi Muxima, terreno da futura administração Autárquica e  reuniu-se com os membros do Conselho de Auscultação e Concertação Social.