Press Release

06/02/2016: EMBAIXADOR ANGOLANO PARTICIPA NA 64ª SESSÃO DO NATIONAL PLAYER BREAKFAST

EMBAIXADOR ANGOLANO PARTICIPA NA 64ª SESSÃO DO NATIONAL PLAYER BREAKFAST
Washington - O embaixador de Angola nos EUA, Agostinho Tavares, participou na sessão 2016 do National Prayer Breakfast (Pequeno-Almoço de Oração), um evento anual que se realiza na primeira quinta-feira do mês de Fevereiro, em Washington D.C., para o qual foram também convidadas Exalgina Gâmboa, deputada à Assembleia Nacional, e a jurista Maria Luísa Abrantes.

 

À margem do evento, a presidente da comissão de Relações Exteriores da AN, Exalgina Gambôa, foi recebida no Capitólio, em audiência, por James Inhofe, senador sénior pelo Estado de Oklahoma e presidente da comissão do Senado dos EUA para as questões do Meio Ambiente e Obras Públicas, a quem fez a entrega de uma mensagem do presidente da AN, Fernando da Piedade Dias dos Santos.

Segundo uma nota de imprensa da representação diplomática angolana em Washington, chegada nesta sexta-feira à Angop, a mensagem reafirma o interesse do estabelecimento de uma maior cooperação com o Congresso americano no sentido do reforço da parceria e troca de experiências entre os órgãos do poder legislativo de ambos os países.

Na quinta-feira a deputada angolana apresentou cumprimentos de cortesia ao senador John Nichols Boozman, o mais antigo senador dos Estados Unidos, pelo Estado de Arkansas, desde o ano passado, no Comité para a cooperação em áreas como os direitos humanos e mudanças climáticas, igualmente membro do Partido Republicano que de 2001 a 2015 actuou como representante dos Estados Unidos para o 3º Distrito Congressional do mesmo Estado.

Na ocasião, Exalgina Gambôa disse que seria uma honra para a Assembleia Nacional receber também a visita de John Boozman que recentemente esteve em Cabo-Verde, tendo o mesmo acedido ao convite com bastante satisfação.

O Pequeno-almoço de Oração, (National Prayer Breakfast), que tem lugar anualmente no Washington Hilton Hotel é organizado pela Fundação Fellowship, um grupo cristão conservador e acolhido pelo Congresso dos Estados Unidos da América.

À semelhança dos anos anteriores, o evento teve como orador principal Barack Obama, Presidente dos Estados Unidos da América, que se fez acompanhar da primeira-dama Michelle Obama e foi assistido por três mil convidados provenientes de trezentos países do mundo.

O Presidente Barack Obama dirigiu-se ao National Prayer Breakfast na quinta-feira, destacando no seu discurso a importância da fé como a principal cura para o medo em tudo que fazemos nas nossas vidas.

O discurso do Estadista americano aconteceu um dia depois do mesmo ter efectuado uma visita histórica a uma mesquita em Baltimore, a cidade mais populosa do Estado Americano de Maryland, onde procedeu à entrega de uma mensagem de inclusão religiosa.

"O medo pode levar-nos a virar-mo-nos contra aqueles que são diferentes ou levar-nos a tentar fazer algum sinistro", disse Obama, fazendo uma referência velada à retórica divisiva na campanha presidencial de 2016, que decorre neste momento.

Na terça-feira, dia 3 de Fevereiro de 2016, teve lugar o tradicional almoço que antecede o evento anual, no qual os convidados angolanos estiveram igualmente presentes.

O embaixador angolano nos EUA que assistiu ao evento pela segunda vez, considerou-o muito interessante, ressaltando acima de tudo a revisão de conceitos e valores morais que o mesmo encerra.

A tradição da realização deste evento começou em 1953, quando os membros do Congresso dos EUA convidaram o Presidente Dwight D. Eisenhower para se juntar a eles num pequeno-almoço, tendo em conta os mandamentos da Lei de Deus, baseados no Amor e Respeito ao Próximo, Justiça, Perdão, Paciência e Tolerância.

Inicialmente chamado de Oração Presidencial do período da manhã, o nome foi mudado em 1970 para Pequeno-Almoço de Oração (National Prayer Breakfast).

Fórum para a elite política, social e de negócios, o National Prayer Breakfast tem como principal objectivo reunir pessoas de diferentes credos religiosos, estabelecer sinergias, reforçar relacionamentos e criar parcerias, numa série de actividades em que os participantes têm a oportunidade de interagirem entre si, independentemente das suas diferenças, partindo do princípio de que a união entre os seres humanos é mais importante e benéfica do que os obstáculos que os separam.

Esta 64ª sessão do National Prayer Breakfast foi a última assistida pelo Presidente Barack Obama antes de cessar o seu mandato em finais deste ano.