News & Announcements

26/01/2016: Governador garante construção de pedonais ao longo da via expressa

Governador garante construção de pedonais ao longo da via expressa

Luanda - O governador provincial de Luanda, Higino Carneiro, assegurou hoje, em Luanda, a construção, para breve, de pedonais ao longo da via expressa, Cabolongo/Cacuaco, com vista a minorar o número de acidentes registados neste itinerário.

O governador prestou esta e várias outras informações quando intervinha na reunião extraordinária do Conselho de Auscultação e Concertação Social, do município de Cacuaco, no final de uma visita de campo que efectuou às infra-estruturas e obras desta circunscrição.

O responsável fez saber que aquando da concepção da construção da via expressa não se previa a existência de residências próximo da mesma, razão pela qual não se acautelaram as pedonais.

"Em qualquer parte do mundo não pode existir residências tão próximo de uma via expressa como aqui, porque é uma estrada em que se circula rápido, mas as pessoas foram construindo e agora vemo-nos obrigados a desalojar um dia desses", disse.

Sugeriu a instalação de balanças a entrada e saída do município de Cacuaco, para regular o peso transportados pelos camiões, por formas a se garantir maior durabilidade no tapete asfáltico.

Disse ser necessária a organização do trabalho dos taxistas e dos próprios táxis, definindo rotas fixas, cor específica para cada município e uniforme para os condutores.

Por sua vez, a directora provincial das estradas de Luanda, Rosária Kiala, informou que tem havido espírito de má fé de pessoas que reiteradas vezes ocupam espaços ao longo da via expressa em que são advertidos e proibidos para não o fazerem, mas que constroem mesmo a revelia.

Segundo a responsável estão já identificados locais em que serão instaladas as cerca de cem pedonais a nível de Luanda.

"Já temos parte do financiamento externo, as pontes já estão a ser montadas e a primeira poderá ser instalada em breve na entrada da Centralidade do Kilamba", disse.

Higino Carneiro começou a sua visita de campo quando eram 08 horas, partindo da Administração de Cacuaco para a zona de deslizamento de terras no Balumuka, daí seguiu para ver a ponte do paraíso em mau estado e a escola de 16 salas em construção, mas com as obras paradas.

Posteriormente, a caravana do governador seguiu para constatar o mau estado da via que dá acesso ao Aterro Sanitário/Via Expressa, a carecer de uma ponte e a estação de tratamento de água do Kifangondo, tendo terminado as 14:30 minutos com a realização da reunião extraordinária do Concelho de Auscultação e Concertação Social do Município de Cacucaco.

A caravana trafegou com muitas dificuldades pelo interior dos bairros tendo sido obrigada a transpor riachos e lagos que separam comunidades em termos de comunicação e circulação.

Para estes locais, o governador garantiu a construção, no futuro, de pontes metálicas para melhorar o nível de vida dos moradores.