News & Announcements

11/01/2016: Bureau Político do MPLA consternado pela morte do general Sanjar

Bureau Político do MPLA consternado pela morte do general Sanjar

Luanda - O Bureau Político do Comité Central do MPLA manifestou numa mensagem profunda consternação pelo falecimento do general de Exército, Agostinho Fernandes Nelumba "Sanjar", ocorrido no passado dia 8 do corrente mês, em Joanesburgo, África do Sul, por doença.

A mensagem que a Angop teve acesso hoje, segunda-feira, refere que Agostinho Fernandes Nelumba, antigo guerrilheiro do MPLA, durante a luta armada de libertação nacional e filho de antigos combatentes, tornou-se um dos destacados cabos de guerra das extintas Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA), que, com bravura inigualável, contribuíram decisivamente para a conquista e consolidação da independência, da liberdade e da emancipação do povo angolano.

Fruto da confiança que lhe fora depositada superiormente, após a proclamação da Independência Nacional de Angola, em 11 de Novembro de 1975, acrescenta a missiva, o general Sanjar desempenhou funções de destaque, tanto nas Forças Armadas como no Governo, entre as quais as de Vice-chefe do Estado-Maior General das FAA, de comandante da Frente Norte, de chefe do Estado-Maior General das FAA e a de vice -ministro da Defesa.

Pelo infausto acontecimento, o Bureau Político do Comité Central do MPLA inclina-se perante a memória deste ilustre combatente da Pátria angolana e, em nome dos militantes, simpatizantes e amigos do Partido, endereça, à família enlutada e ao Ministério da Defesa Nacional, as suas mais sentidas condolências, lê-se no documento.

O malogrado nascido a 25 de Novembro de 1952, no município do Tchitato, Lunda Norte, licenciou-se em 1976, em ciências militares na academia militar Michail Vassilievich Frunze da antiga União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

Especializado em telecomunicações, assumiu o cargo de chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA)  a 24 de Junho de 2003.

Especializou-se também em telecomunicações nas escolas da ex-União Soviética (1981/1985) tendo feito também neste país o curso superior de Comando e Estado Maior de brigada e divisão.

Durante a sua carreira militar cumpriu as funções de chefe da direcção de estabelecimento de Ensino Militar do Estado Maior General, chefe do Estado Maior General adjunto das extintas Forças Armadas Populares de Libertação de Angola (FAPLA) e membro da Comissão Conjunta para a formação das FAA.