News & Announcements

01/12/2015: EUA: Embaixador ressalta empenho do Executivo

EUA: Embaixador ressalta empenho do Executivo

Brockton - O Executivo Angolano está determinado em construir uma sociedade justa e equitativa, baseada no desenvolvimento económico sustentável e inclusivo, em conformidade com as normas internacionais, afirmou neste fim-de-semana, em Brockton, Estado de Massachussets, o embaixador de Angola nos Estados Unidos da América.

Agostinho Tavares intervinha num acto alusivo ao 40º aniversário da Independência Nacional, tendo enfatizado que a adopção de políticas por parte do Executivo, para acelerar a diversificação económica e reduzir gradualmente a dependência do petróleo é uma realidade.

Mostrou-se regozijado com a iniciativa da Associação Balumuka de promover o acto e lembrou que a luta de libertação nacional, que conduziu Angola à independência, foi longa e árdua.

Sublinhou que, apesar dos desafios e constrangimentos ainda existentes em Angola, o país segue rumo ao desenvolvimento sustentável.

Afirmou que hoje Angola é um país estável, respeitado a nível de África e internacionalmente.

Agostinho Tavares advertiu os jovens de que o saber adquirido pode contribuir em grande medida para ajudar o país a desenvolver-se cada vez mais.

Por sua vez, na sua breve introdução de boas vindas ao diplomata angolano, Bill Carpenter, informou que o governo da cidade de Brockton tudo tem feito para criar mais oportunidades de emprego e uma maior inserção dos habitantes, na maioria cidadãos imigrantes, nomeadamente angolanos e cabo-verdianos.

Assistiram igualmente a actividade Adão Pinto, cônsul geral de Angola em Nova Iorque, Bill Carpenter, Mayor da cidade de Brockton, Pedro Carvalho, cônsul geral de Cabo Verde em Boston, além de diplomatas em missão na Embaixada em Washington, da Missão permanente na ONU e do Consulado em Nova Iorque.

Durante o evento, a Associação Balumuka outorgou certificados de mérito a cidadãos residentes que se têm destacado em Brockton, sobretudo em prol da melhoria da condição de vida da comunidade residente.

O momento cultural foi animado por músicos locais e incluiu uma passagem de trajes típicos do país, representando as 18 províncias de Angola.

A Associação Comunitária Balumuka existe há 12 anos e na senda dos princípios fundamentais do associativismo tem ajudado a comunidade residente a esclarecer as suas principais dúvidas, sobretudo no que diz respeito aos principais serviços disponíveis no Consulado Geral em Nova Iorque.

Cerca de 500 cidadãos angolanos vivem na cidade de Brockon, localizada no condado americano de Plymouth, Massachusetts, Estados Unidos.

A comunidade residente mesclou-se com os cerca de 25.000 cidadãos cabo-verdianos igualmente residentes, primeiros imigrantes na cidade.

As famílias uniram-se e os dois povos, unidos pela língua comum, são uma família sólida que partilha o seu quotidiano.