News & Announcements

29/04/2015: Zimbabwe: Angola pretende aderir à Zona de Comércio Livre da SADC em 2017 - Rosa Pacavira

Zimbabwe: Angola pretende aderir à Zona de Comércio Livre da SADC em 2017 - Rosa Pacavira

Harare (Do enviado especial) - A ministra do Comércio, Rosa Pacavira, afirmou nesta terça-feira, em Harare (Zimbabwe), que Angola está a preparar todas as condições para aderir, em 2017, à Zona de Comércio Livre da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC).

A governante fez este pronunciamento à imprensa angolana no âmbito da Cimeira Extraordinária da SADC, que  tem lugar quarta-feira, sob o lema  “Uma estratégia regional para os caminhos da industrialização”.

Rosa Pacavira  explicou que Angola encontra-se ainda na fase de roteiro da adesão a essa zona por diversos factores relacionados com as quotas tarifárias  e de alguns ajustes pertinentes para o êxito dessa  acção.

A primeira fase da Zona de Comércio Livre não está concluída, a qual previa acordos  em termos de bens e mercadorias,  contudo alguns  países estão com relativo atraso, facto que  implica a sua conclusão em  primeira  instância.

De acordo com Rosa Pacavira, o Conselho de Ministros realizado segunda-feira decidiu que, em primeira instância, deve-se dar por concluída  a primeira fase  com  assinatura de acordos de livre circulação de bens e serviços, enquanto para a segunda vão aqueles países  que  já estão confortáveis para poder prosseguir como é o caso da África do Sul e o Botswana,

Estes dois últimos países já têm a área de livre circulação de bens e serviços já bastante avançada, política de propriedade intelectual, bem como a defesa do consumidor no comércio transfronteiriço.

Angola está a trabalhar ainda na primeira fase do acordo de comércio tripartido, assim como  no  concernente ao certificado de origem e nas ofertas tarifárias

A governante angolana informou que se está a preparar a Cimeira Tripartida COMESA, CEAC e SADC, sendo o lançamento da Zona de Comércio Livre continental outro aspecto que os Chefes de Estado irão assinar em Junho, uma vez constituir uma zona importante para a integração regional.

Neste contexto, na segunda quinzena de Maio, os ministros de comércio se reunirão em Addis Abeba, Etiópia, para  analisar as questões fundamentais relacionadas  com o lançamento da zona de comércio livre  continental, assim como os princípios orientadores para que a região da SADC esteja realmente integrada.