News & Announcements

03/02/2015: Região Militar Luanda tem novas infra-estruturas

Região Militar Luanda tem novas infra-estruturas

Luanda - A Região Militar Luanda (RML) conta desde esta terça-feira com um novo laboratório, uma cadeia disciplinar, parada de honra e uma maqueta de estratégia operativa, infra-estruturas inauguradas pelo chefe do Estado Maior General das Forças Armadas Angolanas (FAA), general Geraldo Sachipengo Nunda.

A inauguração das infra-estruturas inseriu-se no quadro da reedificação e requalificação das FAA, para a contínua defesa da soberania e integridade nacional.

No final do acto, Geraldo Sachipengo Nunda destacou os resultados "palpáveis e encorajadores" que a RML obteve nos últimos meses, quanto a materialização do seu programa de melhoramento das condições de vida e de trabalho dos militares e trabalhadores civis.

Mostrou-se contente com o facto de esses resultados surgirem no actual quadro da economia mundial, resultante da baixa do preço do petróleo.

Segundo o oficial, os comandantes de todos os ramos devem tomar iniciativas similares, utilizando de forma racional e criteriosa os meios materiais e os recursos financeiros postos à disposição, para que a sua eficiente utilização possa contribuir na melhoria substancial das condições de vida, trabalho e habitabilidade das tropas.

"A Região Militar Luanda vai continuar a desenvolver o seu papel positivo, cooperando estreita e permanentemente com a Polícia Nacional, na prevenção e combate à criminalidade violenta, ocupação anárquica de espaços que constituem as reservas fundiárias do Estado e aos comportamentos que comprometem a paz, segurança e  ordem pública na nossa capital", sublinhou.

Por seu turno, o comandante da RML, tenente-general Simão Carlitos "Wala", considerou uma honra a inauguração das referidas infra-estruturas, que são prioritárias para o normal funcionamento dos órgãos integrantes do Comando e Estado Maior da instituição.

"Estamos cientes de que, na verdade, o que conseguimos realizar até ao presente momento só foi possível graças ao apoio multiforme e incondicional que o Chefe do Estado Maior General das FAA sempre nos prestou.

Disse ainda que os efectivos da RML estão confiantes na capacidade do Executivo e direcção das FAA em encontrar soluções alternativas, face à actual crise financeira surgida em consequência da baixa do preço do petróleo e nível internacional, de modo a levar adiante os vários projectos existentes.