News & Announcements

02/02/2015: Angola/UA: Vice-Presidente da República já em Luanda

Angola/UA: Vice-Presidente da República já em Luanda

Luanda - O vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, regressou na noite de sábado a Luanda, proveniente de Addis Abeba (Etiópia), onde representou o Presidente José Eduardo dos Santos, na 24ª Cimeira de Chefes de Estado e de Governo da União Africana (UA), realizada de 30 a 31 de Janeiro.

A sua chegada, o responsável recebeu cumprimentos de boas-vindas do ministro de Estado e Chefe da Casa Civil da Presidência da República, Edeltrudes Costa, acompanhado do governador de Luanda, Graciano Domingos, membros do governo e altos funcionários do seu gabinete.

Durante o evento, os participantes analisaram o actual quadro de implementação do programa da Nova Parceria Para o Desenvolvimento de África (NEPAD), assim como o Comité de Defesa e Segurança da União Africana debateu vários aspectos ligados aos conflitos armados que ainda afectam o continente.

Os estadistas discutiram igualmente a questão das resoluções da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) e da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos (CIRGL) ligadas ao combate das “forças negativas”, que criam instabilidade na RD Congo (ex-Zaire), bem como o problema do terrorismo no continente.

Na reunião do Comité de Defesa e Segurança, os Chefes de Estado e de Governo decidiram a realização de uma operação militar, com vista a desarmar os rebeldes da FDLR, que insistem em desestabilizar a zona Leste da antiga República do Zaire.

Na Cimeira, Angola propôs a comunidade africana a iniciativa da necessidade de institucionalização do Fórum para a Cultura de Paz, que poderá acontecer de dois em dois anos.

Angola obteve ainda outra conquista, ao serem eleitos dois quadros seus para membros de órgãos de alto nível da UA, nomeadamente o professor Sebastião Isata, que passa a integrar a Comissão da União Africana do Direito Internacional (CUADI), e o sociólogo Paulo de Carvalho, que passa a fazer parte do Conselho da Universidade Pan-Africana (UPA).

A Universidade Pan-Africana é uma rede de universidades africanas criada por iniciativa dos Chefes de Estados para oferecer a educação de pós-graduação virada para a realização de uma África próspera, integrada e pacífica, sendo os principais destinatários jovens talentos locais.

A comitiva nacional ao evento contou com a presença do ministro das Relações Exteriores, Georges Rebelo Chikoti, embaixadores e altos funcionários da diplomacia angolana, que participaram nas reuniões de peritos que prepararam os documentos discutidos na Cimeira.