News & Announcements

18/12/2014: Presidente do Ruanda já deixou o Palácio Presidencial após encontro com homólogo angolano

Presidente do Ruanda já deixou o Palácio Presidencial após encontro com homólogo angolano

Luanda - O Presidente do Ruanda, Paul Kagame, deixou o Palácio Presidencial no quadro da sua visita de algumas horas efectuada a Angola, durante a qual manteve um encontro privado com o seu homólogo angolano, José Eduardo dos Santos, que serviu para analisarem a actual situação de paz, segurança e estabilidade nos países da Região dos Grandes Lagos.

No centro do diálogo estiveram especificamente aspectos atinentes a situação na República Democrática do Congo, e República Centro Africana, países assolados por vários conflitos internos armados.

O líder angolano José Eduardo dos  Santos na qualidade de  Presidente em exercício da Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos ((CIRGL) tem realizado consultas periódicas com alguns homólogos desta região, com o objectivo de buscar soluções para por término destes conflitos que têm feito muitas vítimas humanas, bem como criado um grande número de refugiados que fogem para outros países vizinhos em busca de paz.

A situação no leste da República Democrática do Congo, está ligada principalmente com fim do prazo dado às Forças Democráticas para a libertação do Ruanda  que até ao presente não honram o compromisso de desarmamento voluntário e de acantonamento de forma a garantir  a implementação do acordo -quadro para o leste desta região.

No que concerne à questão da República Centro Africana ( RCA) existe uma concertação  para as partes em conflito sentarem-se à mesma mesa com  o objectivo de se encontrar um entendimento, com vista à retomada da situação de segurança neste país.

O que se pretende em Bangui, capital da RCA, "é a criação de reuniões sectárias entre os grupos com vista a um entendimento, facto que vai desembocar no encontro de reconciliação nacional, segundo observadores internacionais que acompanham o evoluir da situação reinante neste país, motivada por conflitos inter – religioso”

O Chefe de Estado Angolano, José Eduardo dos Santos,  que assume desde Janeiro de 2014, a presidência rotativa da Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), tudo tem feito para a busca de soluções pacíficas entre as partes envolvidas nos conflitos internos nestes países.

A CIRGL foi criada após os conflitos políticos que marcaram a região dos Grandes Lagos, em 1994, cujo resultado marcou o reconhecimento da sua dimensão e a necessidade de um esforço concentrado, com vista a promoção da paz e do desenvolvimento na região.

Fazem parte deste órgão regional Angola, Burundi, República Centro -Africana, Congo, República Democrática do Congo, Quénia, Uganda, Ruanda, Sudão, Sudão do Sul e Tanzânia.