Press Release

18/12/2014: MINISTRO DAS RELAÇÕES EXTERIORES JÁ EM WASHINGTON, PARA ANÁLISE DA PARCERIA ESTRATÉGICA

MINISTRO DAS RELAÃÃES EXTERIORES JÃ EM WASHINGTON, PARA ANÃLISE DA PARCERIA ESTRATÃGICA

Washington, 16/12/14 –   O primeiro dia da visita oficial de trabalho que o Ministro das Relações Exteriores efectua aos EUA, foi marcado ontem terça-feira, dia 16 de Dezembro de 2014, por um encontro com o grupo diplomático africano, realizado na African House, sede da representação da União Africana em Washington, D.C.

O diplomata Angolano, que manifestou o seu regozijo pela existência de uma casa de África em Washington, foi acompanhado por Agostinho Tavares, embaixador de Angola e recebido no local, pela embaixadora Amina Ali, representante da União Africana nos EUA.

Georges Chicoti e os membros da delegação que o acompanha, informou aos presentes sobre os objectivos desta sua primeira visita oficial aos EUA, tendo dado realce aos últimos progressos político-diplomáticos alcançados pelo nosso país, tanto a nível regional como global, nomeadamente a presidência da Conferência Internacional dos Grandes Lagos (CIGRL), a coordenação da SADC em conjunto com a União Africana e a Organização das Nações Unidas e a recente eleição de Angola a membro não-permanente do Conselho de Segurança da ONU.

“Este é um momento muito importante para o nosso continente, particularmente pelos desenvolvimentos que têm estado a acontecer e que primam pelo seu crescimento”, disse Georges Chicoti.

Angola e os EUA vão analisar questões bilaterais constantes no Memorando para o diálogo da parceria estratégica, assinado entre os dois países, há cerca de cinco anos, que incluem o Acordo de Comércio e Investimento (TIFA na sigla em inglês), e a Lei para o Crescimento e Oportunidade de África (AGOA).

O Chefe da diplomacia Angolana, mencionou igualmente a assinatura em meados do corrente ano, de um acordo com o Eximbank dos EUA, de mil milhões de dólares para investimentos nos sectores angolanos de transporte ferroviário e energia eléctrica, envolvendo a companhia General Electric.

“Pretendemos alargar a nossa cooperação com os Estados Unidos da América e diversificar as nossas relações”, enfatizou Georges Chicoti.

No contexto da agenda política, o diplomata Angolano fez referência à importância da existência de um mecanismo junto do Conselho de Segurança da ONU, de gestão dos conflitos que ainda assolam o nosso continente, a fim de que África, possa chegar a um consenso na sua resolução, de forma coordenada, organizada e mais eficiente.

“Devem existir mecanismos ao nível da Comissão de Paz e Segurança de África, a fim de que as resoluções adoptadas possam chegar a um acordo”, acrescentou o ministro Angolano das Relações Exteriores.  Este é o momento de olharmos para os próximos quinze (15) anos e pensar no nosso crescimento económico”.

O evento foi uma oportunidade para o Embaixador de Angola nos EUA, Agostinho Tavares, apresentar-se ao grupo diplomático Africano e expressar o seu desejo de uma estreita colaboração.

Recordamos que a agenda da visita oficial do Ministro Angolano das Relações Exteriores, Georges Chicoti, reserva para o início da tarde de hoje, dia 17 de Dezembro de 2014, uma audiência com John Kerry, Secretário de Estado dos EUA, que  será precedida de um encontro com Linda Thomas-Greenfield, Sub-secretária de Estado para os Assuntos Africanos no qual estará igualmente presente Russell Feingold, Enviado Especial para a região dos Grandes Lagos e República Democrática do Congo.

 

 

O ministro das Relações Exteriores far-ser-á acompanhar no encontro por Agostinho Tavares, embaixador de Angola nos EUA, bem como Joaquim do Espírito Santo, Director para África, Médio Oriente e Organizações Regionais  e Francisco da Cruz, Director da Direcção América do Ministério das Relações Exteriores.