News & Announcements

11/12/2014: PR analisa situação na RCA com enviado do secretário-geral da OIF

PR analisa situação na RCA com enviado do secretário-geral da OIF

Luanda - Questões ligadas à situação na República Centro-Africana (RCA) estiveram em análise, nesta quarta-feira, em Luanda, durante uma audiência que o Presidente da República, José Eduardo dos Santos, concedeu ao eurodeputado Louis Michel, na qualidade de enviado especial do secretário-geral da Organização Internacional da Francofonia (OIF) para África Central, Abdou Diouf.

À saida do encontro, de cerca de uma hora, no Palácio Presidencial, Louis Michel, de nacionalidade belga, informou à imprensa que audiência deve-se ao facto de o Chefe de Estado Angolano estar "muito empenhado nesta situação e que tem domínio da mesma".

Frisou que o estadista angolano, durante a audiência, manifestou a disposição de continuar a ajudar as autoridades da RCA, mas essa ajuda deve centrar-se nos esforços comuns de todos os actores ligados a este processo, factores que vão criar vias propícias para o restabelecimento da paz e tranquilidade nesse país.

Proveniente de Brazzaville, República do Congo, Louis Michel esclareceu que manteve também uma reunião com o líder congolês, Denis Sassou Nguesso, mediador do conflito na RCA, de quem igualmente recebeu informações sobre o desenvolvimento para a solução dos problemas reinantes no país africano, localizado na Região dos Grandes Lagos.

Sublinhou que a perspectiva final desta recolha de informações da parte dos dois líderes que dominam a questão será a realização de um fórum de reconciliação nacional, que deverá ter lugar na República Centro-Africana.

Louis Michel adiantou que o fórum ainda não aconteceu porque tudo se está a fazer para juntar as partes e sentarem-se à mesma mesa para se encontrar um entendimento, com vista à retomada da situação de segurança neste país.

Explicou que o que vai acontecer em Bangui, capital da RCA, "é a criação de reuniões sectárias entre os grupos com vista a um entendimento, facto que vai desembocar no encontro de reconciliação nacional".

"Como o ponto de vista do presidente Denis Sassou Nguesso vai de encontro com o do seu homólogo angolano José Eduardo dos Santos, então eu estou a "beber" das experiências dos dois para se poder realmente ver até que ponto vamos chegar a este fórum", clarificou.

A República Centro-Africana, com uma população estimada em 4,6 milhões de habitantes, onde actualmente observadores internacionais consideram calma a situação, esteve mergulhada, meses atrás num conflito interno inter-religioso, que causou milhares de refugiados e muitos mortos.

Está localizada no centro de África, limitada a norte pelo Chade, a nordeste pelo Sudão, a leste pelo Sudão do Sul, a sul pela República Democrática do Congo e pela República do Congo, e a Oeste pelos Camarões, países que integram a Conferência Internacional sobre a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), órgão que Angola na pessoa do seu Chefe de Estado, José Eduardo dos Santos é presidente em exercício.