News & Announcements

13/11/2014: Nova direcção da Caixa Social aposta na extinção de "pensionistas fantasmas"

Nova direcção da Caixa Social aposta na extinção de "pensionistas fantasmas"

Luanda - A nova direcção da Caixa de Segurança Social das Forças Armadas Angolanas (CSSFAA), que tomou posse nesta quarta-feira, na capital do país, está apostada na extinção dos "pensionistas fantasmas", que usufruem de salários e outras regalias daquela instituição.

Segundo o novo director geral da CSSFAA, general Jacinto Pedro Cavunga, que falava à imprensa após a cerimónia de tomada de posse, presidida pelo ministro da Defesa Nacional João Manuel Gonçalves Lourenço, há necessidade de impedir os funcionários a continuarem a introduzir os referidos pensionistas.

Neste contexto, referiu que o objectivo é acabar com a existência de oficiais reformados fantasmas, bem como a de oficiais inscritos mais de uma vez e com patentes diferentes.

Tomaram posse, o director geral da Segurança Social das FAA, general Jacinto Pedro Cavunga, o delegado da Caixa Social na província de Benguela, brigadeiro Paulo Feijó Moreira Rangel, o delegado na província do Cuanza Norte, brigadeiro Adriano Júnior e para a província do Cuanza Sul, coronel António Trocado.

A CSSFAA tem como missão o pagamento das prestações sociais aos militares e outros beneficiários, garantir a rentabilidade dos recursos e protegé-los, através de uma série de medidas contra as carências económicas e sociais, que, de outra forma, poderiam ocorrer pela supressão ou redução substancial dos rendimentos em resultado de doença, velhice, entre outros.

A instituição pretende ser reconhecida como uma organização moderna e capaz de assegurar a excelência na gestão, cobertura e atendimento dos seus contribuintes e beneficiários, bem como a sustentabilidade das suas prestações sociais.