News & Announcements

09/11/2014: Líder do MPLA pede mais esforços para aplicação cabal do programa eleitoral

Líder do MPLA pede mais esforços para aplicação cabal do programa eleitoral

Luanda - O líder do MPLA, José Eduardo dos Santos, pediu sexta-feira, em Luanda, ao Executivo no sentido de redobrarem esforços com vista a garantir a aplicação satisfatória do Programa Eleitoral do partido sufragado nas eleições gerais de 2012.

Discursando na abertura da 8ª sessão ordinária do Comité Central do MPLA, José Eduardo dos Santos destacou o Programa Pró-Ajuda (Ajuda pelo Trabalho) e o Cartão Kikuia, que visam apoiar as populações mais vulneráveis com um crédito de 10 mil Kwanzas por mês através da transferência social produtiva.

Para tal, disse ser necessário estabelecer as metas a alcançar em 2015, 2016 e 2017, bem como indicar as metas para 2015, 2016 e 2017, no âmbito do Programa Papagro, que tem como objectivo absorver os produtos agrícolas dos camponeses para aumentar a renda das famílias do campo.

O também Presidente da República apontou ainda a reabilitação das vias terciárias, que são as que ligam as sedes municipais às comunas e escalonar as acções com vista a levar a cabo com êxito esta tarefa nos próximos três anos em todas as províncias.

A municipalização dos serviços de Saúde e de Educação, que reforça e amplia a desconcentração administrativa, na perspectiva da preparação futura de eleições autárquicas ou do poder local, foi igualmente referenciado por José Eduardo dos Santos.

Orientou igualmente a criação de condições para a integração, no sistema de Ensino, de todas as crianças em idade escolar, mediante ao plano de contingência aprovado para ser executado em três ou cinco anos, cujos recursos disse situarem-se em um bilhão e 930 mil milhões de Kwanzas.

A implementação do Plano de Formação e Qualificação dos Quadros Médios e Superiores e de formação técnico-profissional básica, por um lado, e, por outro, da nova política para os centros de emprego, são outras acções enumeradas pelo Presidente do MPLA.

A reunião do Comité Central, que integra 311 membros, decorreu no Complexo Turístico Futungo II e terminou no mesto dia, sexta-feira, dia 7 de Novembro.