News & Announcements

16/10/2014: Suíça: Presidente da ANIP participa no Fórum Mundial de Investimento

Suíça: Presidente da ANIP participa no Fórum Mundial de Investimento

Genebra - A Presidente do Conselho de Administração da Agência Nacional para o Investimento Privado (ANIP), Maria Luísa Abrantes, participa em Genebra (Suíça), no Fórum Mundial de Investimento sob o lema "O Investimento para o Desenvolvimento Sustentável", a decorrer desde segunda-feira, no Palácio das Nações.

Sob os auspícios da Conferência das Nações Unidas para o Comércio e Desenvolvimento (CNUCED), o Fórum, considerado como plataforma mundial importante para o dialogo integrado e para a formulação de políticas de investimento a favor do desenvolvimento sustentável, foi estabelecido em 2008.

Tem como objectivo lançar estratégias para mobilizar e canalizar o investimento a fim de maximizar a sua contribuição para alcançar os Objectivos do Desenvolvimento do Milénio.

Este ano, o Fórum Mundial realiza-se no quadro das comemorações do 50° aniversário da CNUCED e conta com eventos paralelos, incluindo a Cimeira de Líderes Globais de Investimento, mesas redondas e outras sessões de alto perfil.

O Fórum vai prestar uma atenção singular aos desafios tendentes a dinamizar a participação do sector privado na realização dos Objectivos do Desenvolvimento do Milénio e contribuir na formulação da Agenda pós-2015 de Desenvolvimento das Nações Unidas. 

Na agenda de trabalhos figuram temas como: Investir no Desenvolvimento Sustentável/visão e roteiro; Investir no Futuro; Investir no acesso sustentável e universal a medicamentos/produção local nos países em desenvolvimento; Empoderamento e Igualdade de Género da Mulher/o papel das empresas transnacionais; O Investimento, Comércio e Desenvolvimento; Criando cadeias de valor de trabalho para os pobres; Investimento e Integração regional; Falando de Negócios/África e Mercado de Capitais e Crescimento Económico.

Participam no evento mais de 200 representantes da comunidade mundial de investimentos, dos quais entidades oficiais dos Estados membros, executivos de empresas globais e de bolsas de valores, gestores de fundo soberanos de investimento, negociadores de tratados de investimentos, peritos em localização de investimentos internacionais, líderes das organizações internacionais, representantes da sociedade civil e académicos, entre outros.