News & Announcements

14/11/2011: Defesa e economia dominam audiência concedida pelo Chefe de Estado ao ministro sérvio

Defesa e economia dominam audiência concedida pelo Chefe de Estado ao ministro sérvio
Luanda - Os temas relacionados com a economia e a defesa foram dominantes durante a audiência concedida, em Luanda, pelo Chefe de Estado angolano, José Eduardo dos Santos, ao ministro dos Negócios Estrangeiros da Sérvia, Vuc Jeremic, que se encontra no país para uma visita de 48 horas.

 

Vuc Jeremic, que falou à imprensa no final do encontro, referiu que este serviu também para manifestar a boa impressão pela maneira como Angola está a desenvolver, especialmente a cidade de Luanda.

Para o interlocutor, Angola e Sérvia estão a escrever, a partir de hoje, uma nova página nas ligações bilaterais, facto que poderá ser "resumido em boas relações", referiu.

Na ocasião, lembrou que o seu país é um dos maiores sucessores da antiga Jugoslávia e tem uma relação privilegiada com os países africanos, tal como foi no passado e continua até ao presente.

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Sérvia, Vuc Jeremic, foi recebido pelo seu homólogo angolano, Georges Chikoti, durante um encontro onde foram propostos quatro acordos por parte da Sérvia e outro por Angola, que merecerão apreciação, para posteriormente serem rubricados.

Os referidos acordos versam sobre a protecção recíproca de investimento, cooperação entre os ministérios das Relações Exteriores, cooperação científica e uma série de possibilidades que poderão explorar sobretudo no domínio empresarial.

A Sérvia, cuja capital é Belgrado, está localizada no sudeste da Europa, na região balcânica. Faz fronteira a sudoeste com Montenegro, país do qual se separou em 2006, a oeste com a Bósnia e Herzegovina, a noroeste com a Croácia e a sul com a Macedônia e Albânia, a leste com a Romênia e a Bulgária e a norte com a Hungria.

É uma ex-República Jugoslava, tendo integrado, até Junho de 2006, uma confederação com Montenegro denominada Sérvia e Montenegro.

 No dia 5 de Junho do mesmo ano, a Sérvia declarou sua independência, dois dias após Montenegro ter feito o mesmo.

 A 22 de Dezembro de 2009, a Sérvia apresentou a candidatura oficial de adesão à União Europeia.