News & Announcements

31/10/2011: Ministro da Juventude inaugura 115 casas do programa "Angola Jovem"

Ministro da Juventude inaugura 115 casas do programa "Angola Jovem"

Luanda – O ministro da Juventude e Desporto, Gonçalves Muandumba, inaugurou neste fim-de-semana, na zona da Camama, em Luanda, 115 casas, de um total de 500 residências de média renda previstas no quadro do programa Angola Jovem.

 O projecto cujo loteamento é destinado para jovens, prevê a construção de 500 residências unifamiliares geminadas, construídas em banda contínua, de tipologia T3, com 114 metros quadrados, sendo 72 metros quadrados por piso de área construída.

 Em declarações à imprensa após o acto inaugural, o governante anunciou que em Dezembro serão entregues mais 100 casas do referido projecto.

 O ministro informou que recebeu garantias da empreiteira que até Junho de 2012 serão entregues as restantes moradias."Temos que reconhecer que estamos um pouco atrasados, isso comparado com o período do lançamento do projecto, o da sua conclusão e a cerimónia de hoje que é de entrega aos jovens beneficiários", afirmou.

 Gonçalves Muandumba agradeceu a paciência dos jovens por terem sabido esperar. "Este atraso deve-se também ao facto de nós querermos criar as melhores condições possíveis para a vossa estadia aqui", acrescentou.

 De acordo com o ministro, a entrega destas casas reflecte o compromisso assumido pelo Executivo Angolano, no âmbito da estratégia de combate ao deficit de habitação no país.

 O projecto conta, de entre outros atractivos, com redes de água potável, energia eléctrica, espaços de lazer, arborização. A área vai estar completamente urbanizada com ruas principais de duas faixas de rodagem, sendo uma para cada sentido, e secundárias, bem como áreas de estacionamento e bermas.

 Presenciaram o acto, entre outras individualidades, a vice-governadora de Luanda para área social e política, Jovelina Imperial, vice-ministra da Família e Promoção da Mulher, Ana Paula do Sacramento, Secretária para os Assuntos Sociais do Presidente da República, Rosa Pacavira e o vice-ministro da Comunicação Social, Manuel Miguel de Carvalho "Wadijimbi".