News & Announcements

09/04/2014: Angola e Federação da Rússia rubricam Memorando de Entendimento Mútuo

Angola e Federação da Rússia rubricam Memorando de Entendimento Mútuo

Luanda - O ministro das Relações Exteriores, Georges Rebelo Pinto Chikoti, assinou nesta terça-feira, em Moscovo, com o seu homólogo russo, Sergey Lavrov, um Memorando de Entendimento Mútuo de Consultas Políticas e Diplomaticas Regulares, com vista a aprofundar as excelentes relações de amizade, solidariedade e cooperação económica e comercial entre Angola e a Rússia.

De acordo com uma nota do Ministério angolano das Relações Exteriores, o presente instrumento jurídico tem como objectivo organizar e realizar regularmente consultas políticas entre os ministérios dos Negócios Estrangeiros da Federação da Rússia e das Relações Exteriores da República de Angola, no quadro do interesse mútuo da expansão da cooperação bilateral, e manter o diálogo, bem como a troca permanente e contínua de informações sobre assuntos internacionais e regionais.

Assuntos políticos, a nível mundial, e de importância para ambos os Estados, no que concerce a consolidação da Paz e a Segurança internacionais, constam também do âmbito da aplicação do Memorando.

Segundo o ministro Georges Chikoti, as relações entre os dois países baseiam-se no respeito mútuo dos princípios de igualdade e soberania dos Estados, de não ingerência nos assuntos internos, de acordo com os objectivos e princípios das Cartas das Nações Unidas (ONU) e da União Africana (UA).

A aplicação deste Memorando vai reforçar e alargar ainda mais a cooperação bilateral, nos ramos político, económico, técnico-científico, cultural e social, assegurou o governante angolano.

A anteceder a assinatura do documento, os ministros Georges Chikoti e Sergey Lavrov mantiveram um encontro de trabalho, no Palácio do Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Moscovo, durante o qual reiteraram a execelência do nível de relações entre os dois países.

Para Georges Chikoti, o actual nível de relações de cooperação bilateral e a sua dimensão no quadro da diversificação da economia de Angola constituiram-se numa Parceria Estratégica, promovendo os interesses comuns e de vantagens recíprocas, com vista ao desenvolvimento e bem estar dos dois países e seus respectivos povos.

Na opinião do ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergey Lavrov, as relações com a Angola são desenvolvidas na base do interesse mútuo, da observância e respeito do Direito Internacional, um dos pressupostos para ajudar a construir um mundo polar.

Angola e Rússia desenvolvem um conjunto de acções, no âmbito dos acordos de cooperação assinados em 2009, nos domínios das telecomunicações (projecto angossat), pescas, energia (construção de barragens), transportes, finanças, educação (formação de quadros superiores) e recursos minerais.

Para o próximo semestre do corrente ano, Angola e Rússia realizarão a III Comissão Bilateral de Cooperação, durante a qual as duas partes deverão trabalhar para revisão de acordos anteriores e assinatura de novos instrumentos jurídicos nos sectores dos transportes (ferroviário e marítimo), da formação de quadros e do reconhecimento de diplomas do ensino superior.

Para quarta-feira, último dia da visita, o ministro das Relações Exteriores, Georges Chikoti, tem previsto um encontro de cortesia com o Vice-Presidente da DUMA (Parlamento russo).