News & Announcements

09/04/2014: Angola participa nas reuniões do Banco Mundial e do Fundo Monetário

Angola participa nas reuniões do Banco Mundial e do Fundo Monetário
Washington - Uma delegação do Governo angolano, chefiada pelo secretário de Estado do Tesouro, Leonel da Silva, encontra-se em Washington, onde participa nas reuniões de Primavera do Banco Mundial (BM) e do Fundo Monetário Internacional (FMI), que decorrem de 8 a 13 do corrente mês.

 

O tema central destas reuniões de Primavera 2014, do Grupo Banco Mundial e do Fundo Monetário Internacional (FMI), está relacionado com a reacção dos países em  desenvolvimento na era pós-crise económica de 2008-2009, numa altura em que a mesma está superada e que a economia mundial ultrapassou os constrangimentos.

Anualmente nesta altutra, membros de governos, funcionários públicos, jornalistas, organizações da sociedade civil e participantes convidados de sectores privados e académicos, reúnem-se em Washington D.C., para os encontros de Primavera do FMI e do Grupo Banco Mundial.

O destaque da participação da delegação angolana ao evento recai para o encontro, mantido no princípio da tarde de terça-feira (dia 8), entre o secretário do Tesouro, Leonel da Silva, e Momodou Saho, director executivo do FMI para África, que integra a República de Angola.

Ainda ontem pela manhã, os membros da delegação angolana ao evento participaram em vários seminários no Banco Mundial (BM) e no Fundo Monetário Internacional (FMI).

Hoje, quarta-feira, o secretário de Estado do Tesouro participou às 12H00 locais (17H00 em Angola) num encontro no Departamento de Tesouro dos EUA, Escritório de Assistência Técnica.

As reuniões de Primavera 2014 englobam os encontros do Comité Monetário e Financeiro Internacional do FMI e do Comité de Desenvolvimento do Banco Mundial e Fundo Monetário Internacional (FMI), que irão discutir o progresso do trabalho das organizações de Bretton Woods.

Integram a delegação angolana, o vice-governador do BNA, Ricardo de Abreu, para além de funcionários séniores dos Ministérios das Finanças, Planeamento e Desenvolvimento Territorial, assim como do Banco Nacional de Angola.