News & Announcements

09/04/2014: Itália: Desenvolvimento passa pela diversificação da estrutura económica - diz ministro da Economia

Itália: Desenvolvimento passa pela diversificação da estrutura económica - diz ministro da Economia

Turim (Do enviado especial) - O ministro da Economia, Abrahão Gourgel, disse, em Turim (Itália), que a intensificação, rapidez e qualidade do desenvolvimento de um país passa pela diversificação da estrutura económica e pelo fomento do emprego.

O ministro fez este pronunciamento quando apresentava o tema "Economia de Angola, o quadro de facilidades financeiras e programa de apoio à deslocalização de empresas italianas em Angola", no Fórum de Negócios Itália/Angola, promovido pelo Ministério angolano da Economia.

Para o governante, o Plano Nacional de Desenvolvimento 2013/17, de iniciativa governamental, contempla estas acções, justamente para promover o progresso sustentável da economia e aumentar a riqueza não petrolífera.

Quanto ao Programa de Aceleração do Processo de Diversificação da Economia, Abrahão Gourgel afirmou que as principais aspirações do governo neste capítulo inscrevem, entre outros, os programas Angola Investe, que incentiva a produção nacional, bem como procede à monitoria dos benefícios fiscais para o empreendedorismo.

Nesta vertente, as políticas do Governo angolano estão focadas na promoção do investimentos externos directos, através de "joint venture" com empresas locais, assim como criar novas unidades de produção com incentivos fiscais competitivos para investimentos.

Referiu que a promoção de parcerias entre angolanos e italianos vai acelerar o processo em curso de diversificação da economia nacional e, ao mesmo tempo, criar uma cultura empresarial forte que, infelizmente, no caso de Angola ainda é incipiente.

O Fórum de Negócios Itália/Angola, promovido pelo Ministério angolano da Economia, contou com a participação de mais de 400 empresários dos dois países e entidades governamentais.

A reunião visou identificar agendas que permitam explorar temas de mútuo interesse, para acelerar o desenvolvimento económico de Angola, bem com criar oportunidades de negócios para a unidade económica angolana e italiana.