News & Announcements

19/03/2014: Angola regista avanços no ramo da energia nuclear

Angola regista avanços no ramo da energia nuclear

Luanda - O país tem registado, nos últimos tempos, avanços no ramo da energia nuclear e ascendeu já ao nível amarelo, categoria intermédia fornecida pela Agência Internacional de Energia Atómica (AIEA), disse em Luanda, o ministro da Energia e Águas, João Baptista Borges.

O governante fez esse pronunciamento quando discursava na abertura do workshop sobre "O Projecto de Planeamento Energético" tendo destacado entre os progressos a criação da Lei da Energia Nuclear e de um órgão regulador do sector.Realçou ainda, entre os avanços,a criação da Autoridade Reguladora de Energia Atómica (AREA), tutelada pelo Ministério da Energia e Águas (Minea).

A AREA, explicou, tem como atribuições controlar e regular toda actividade ligada à aplicação da energia atómica no país.

"O papel da AREA, nesse momento, resume-se a criação de condições que têm a ver com os aspectos referentes a utilização de energia atómica em Angola, criação de legislação competente e utilização segura no equipamento e fontes radioactivas na agricultura, na indústria petrolífera e na saúde", reforçou.

Informou que o Executivo angolano prevê formar e capacitar quadros nacionais para trabalharem em regime contínuo na área do Planeamento de Energia Sustentado a longo prazo, projecto que poderá contar com apoio da AIEA.

"Com esse projecto, o Executivo pretende formar e capacitar quadros nacionais com objectivo de trabalharem em regime contínuo nessa área de interesse estratégico para o país, com softwares a serem fornecidos pela AIEA", frisou.

O workshop, que termina na tarde de hoje, está a servir também para apresentação do Planeamento de Energia Sustentada a longo prazo, enquadrado no novo ciclo de projectos (biénio 204-2015).