News & Announcements

19/02/2014: Cabo Verde mobiliza capital privado angolano para investir no arquipélago

Cabo Verde mobiliza capital privado angolano para investir no arquipélago

Luanda - O capital privado angolano está entre as apostas preferenciais do governo da República de Cabo Verde para investir no arquipélago nos sectores portuário, aéreo, hoteleiro, turístico, energético, das tecnologias de informação e comunicação.

Para motivar os detentores do capital privado angolano a investir naquele país da África Ocidental está em Angola a ministra cabo-verdiana das Finanças e Planeamento, Cristina Duarte.

No quadro da visita de dois dias a Angola, Cristina Duarte manteve hoje (terça-feira), em Luanda, um encontro de trabalho com o  presidente do Conselho de Administração do Fundo Soberano de Angola, José Filomeno dos Santos.

À saída do encontro com o presidente do Fundo Soberano de Angola,  a governante cabo-verdiana disse, à imprensa, ter apresentado, na reunião, oportunidades de investimentos relativas a aplicações financeiras que começam a despontar em Cabo Verde, resultante do processo de infra-estruturação e das reformas económicas.

"Tive a oportunidade de dizer ao presidente do Conselho de  Administração do Fundo que nos últimos anos Cabo Verde levou a cabo imensos programas de infra-estruturação em todos os sectores. Neste momento, o capital angolano, nomeadamente o do Fundo Soberano de Angola, pode começar a perceber Cabo Verde como um país infra-estruturado, salientou.

Quanto às necessidades em termos de investimentos para os diferentes sectores apontados, Cristina Duarte disse depender, pois "quando se está a falar, por exemplo, de um terminal de cruzeiros o valor do investimento ronda os 35 milhões de Euros", aproximadamente cinco biliões de Kwanzas.

Realçou que Cabo Verde tem uma agenda urgente para ver reabilitada as infra-estruturas portuárias, aéreas, hoteleiras, turísticas e energéticas.

Considerou não ser vocação do Estado cabo-verdiano aproveitar as oportunidades de negócios que emergem das infra-estruturas criadas. "São oportunidades de negócios que nós (Estado) estamos a colocar ao sector privado nacional (cabo-verdiano) e ao estrangeiro".

A agenda de visita de Cristina Duarte a Angola, que encerra hoje quarta-feira (19), prevê, entre outras actividades, um encontro com o presidente do Conselho de Administração da Comissão do Mercado de Capitais de Angola, Archer Mangueira e uma deslocação, quarta-feira, à Zona Económica Especial Luanda/Bengo.

O arquipélago de CaboVerde é composto por dez ilhas.