News & Announcements

15/02/2014: Chefe de Estado rende homenagem a Maria Medina

Chefe de Estado rende homenagem a Maria Medina

Luanda - O Presidente da República, José Eduardo dos Santos, rendeu hoje, sábado, no Palácio da Justiça, em Luanda, homenagem à nacionalista Maria do Carmo Medina, falecida aos 89 anos de idade no passado dia 10, em Lisboa, por doença.

Enquanto entoava o Hino da República, o Chefe de Estado, que se fazia acompanhar da esposa, Ana Pala dos Santos, se manteve em sentido diante da urna com os restos mortais de Maria Medina e apresentou condolências aos familiares da malograda.

Renderam igualmente homenagem o Presidente da Assembleia Nacional, Fernando da Piedade Dias dos Santos, o governador de Luanda, os juízes presidentes dos tribunais e da Procuradoria-geral da república.

Seguiram-se deputados, magistrados judiciais e do ministério público, membros da ordem dos advogados, e juristas, ministros e secretários de Estado.

Estiveram também no velório para render homenagem à defunta advogada representantes da faculdade de direito da universidade António Agostinho Neto, de partidos políticos, membros do processo dos 50, dos órgãos de defesa e segurança, entidades religiosas, do corpo diplomático e da sociedade civil.

A malograda advogada e juíza dedicou toda a sua vida a promoção da justiça no país, assim como no ensino do direito na Universidade Agostinho Neto, onde foi igualmente professora titular.

Na sua trajectória de advogada destaque vai para a acção desenvolvida no tempo colonial, quando defendeu os angolanos presos políticos acusados no famoso "processo dos 50".

Maria do Carmo Medina integrou ainda a delegação do MPLA nas negociações para a assinatura dos acordos de alvor, sobre a descolonização de Angola, envolvendo o regime colonial e movimentos de então, o MPLA, a Unita e a Fnla.