Press Release

07/02/2014: DELEGAÇÃO ANGOLANA PRESENTE NA 62ª EDIÇÃO DO PEQUENO-ALMOÇO NACIONAL DE ORAÇÃO

DELEGAÃÃO ANGOLANA PRESENTE NA 62ª EDIÃÃO DO PEQUENO-ALMOÃO NACIONAL DE ORAÃÃO
Realizou-se na manhã de ontem, dia 6 de Fevereiro de 2014, em Washington, D.C., no conceituado Washington Hilton Hotel, o habitual Pequeno-Almoço Nacional de Oração (National Prayer Breakfast), um evento, realizado em Washington, DC, na primeira quinta-feira do mês de Fevereiro de cada ano,  projectado para ser um fórum para a elite política, social e de negócios com o objectivo de construir parcerias e melhorar relacionamentos.

 

O National Prayer Breakfast, ocorre desde 1953, década de 1980 e todos os anos a organização do certame, apresenta um orador diferente. Este ano coube a vez do presidente Barack Obama.

Do programa do evento, constaram uma série de reuniões, almoços e jantares onde os participantes, tiveram a oportunidade de interagir e trocar experiências e opiniões no contexto do objectivo primordial do certame, "colocar as diferenças e ideais de lado e procurar conviver amenamente com o próximo".

A delegação Angolana ao evento integrou os deputados à Assembleia Nacional, Emília Carlota Dias, primeira Secretária de mesa da AN, que coordena o processo legislativo e é o elo de ligação entre o presidente da Casa das Leis em Angola e os deputados e Castro Maria, presidente da Sexta Comissão que trata de assuntos ligados á educação, cultura, assuntos religiosos e comunicação social.

Participou igualmente no evento, Maria Luísa Abrantes, PCA da ANIP.

O Pequeno-Almoço de Oração (National Prayer Breakfast), é organizado pelo Congresso dos EUA, com o apoio de uma organização cristã, a Fellowship Foudation. Tradicionalmente, é uma ocasião em que republicanos e democratas deixam as suas divergências de parte para se concentrarem em assuntos de fé.

O orador convidado, o presidente Barack Obama, mostrou-se grato ao cristianismo pelo papel que tem tido na sua vida.

"Estou grato não apenas porque quando estava necessitado fui alimentado pela  igreja, mas porque isto me conduziu a tudo, na vida. Conduziu-me a abraçar Jesus Cristo como meu Senhor e Salvador. Conduziu-me à Michelle, o amor da minha vida, e abençoou-me com duas filhas maravilhosas", disse o presidente dos EUA, no seu discurso, aproveitando a ocasião para chamar a atenção aos países onde não existe liberdade religiosa, salientando o Irão e a Coreia do Norte, onde se encontram cidadãos americanos detidos por pregar o Cristianismo.

Os parlamentares Angolanos, participaram nas actividades constantes do programa do certame de entre as quais destacamos um encontro com todos os convidados do continente, para troca de experiências, bem como uma visita ao Capitólio, conduzida pelos senadores americanos James Inhofe e John Boozman.

No contexto da visita a Washington, os deputados á AN, apresentaram cumprimentos de cortesia ao embaixador de Angola nos EUA, Alberto Ribeiro, e aproveitaram a oportunidade para visitar as instalações da missão diplomática, incluindo a Chancelaria de Defesa.

Carlota Dias e Castro Maria consideraram muito interessante a participação de Angola no evento anual Americano, não apenas pela sua mensagem de harmonia, fé, paz, reconciliação, diálogo e amor ao próximo, mas igualmente por proporcionar uma ampla troca de experiências entre os participantes.

Recordamos que esta é a quarta vez que parlamentares Angolanos participam no certame, tendo os deputados à AN, dito que o elo de ligação com o Congresso dos EUA está criado para que sejam incrementadas as visitas de congressistas de ambos os países para uma maior troca de experiências.

A delegação parlamentar Angolana deixa hoje Washington, D.C., de regresso ao país.