News & Announcements

29/01/2014: Angola LNG vai processar e comercializar 5,2 milhões de toneladas por ano

Angola LNG vai processar e comercializar 5,2 milhões de toneladas por ano

Luanda - A companhia Angola LNG vai recolher, processar e comercializar, por ano, cerca de 5,2 milhões de toneladas de gás natural liquifeito, para além de propano, butano e condensados, a partir das suas instalações fabris do município do Soyo ( Zaire).

Com uma das fábricas de processamento de gás  natural liquifeito (LNG)  mais moderna do mundo, o  Angola LNG é por si só um dos maiores investimentos (10 biliões de dólares), cerca de 1 trilhão de Kwanzas, alguma vez realizados na indústria angolana de petróleo e gás, de acordo com  uma nota entregue  hoje (quarta-feira)  à Angop.

Historicamente, o gás associado tem sido queimado ou reinjectado nos reservatórios de  petróleo bruto, constituindo o projecto Angola LNG uma solução para se reduzir as emissões de carbono e criar uma nova fonte de energia limpa.

De acordo com o  documento, os accionistas da Angola LNG são a Sonangol (22,8%), Chevron (36,4%), BP (13,6%), ENI (13,6%) e Total (13,6%).

Com uma frota dedicada de sete navios tanque de LNG e três cais de carregamento (LNG, líquidos e butano comprimido), o Angola LNG tem como missão contribuir para a eliminação da queima de gás, fornecer energia limpa e fiável aos clientes e rentabilizar o investimento efectuado.

A República de  Angola é o segundo maior produtor de petróleo na África Subsariana.