News & Announcements

28/01/2014: Etiópia: Comité de candidaturas da UA aprova Angola como candidato africano ao CS

Etiópia: Comité de candidaturas da UA aprova Angola como candidato africano ao CS

Adis Abeba, (Do Enviado Especial) - A candidatura de Angola a membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU foi aprovada nesta segunda-feira, em Adis Abeba, pelo Comité de Candidaturas da União Africana (UA), anunciou o ministro angolano das Relações Exteriores, Georges Rebelo Chikoti.

O chefe da diplomacia angolana, que falava à imprensa nacional no final dos trabalhos da 24ª sessão do Conselho Executivo da UA, aberta hoje, disse que nesta terça-feira os ministros deste órgão (conselho executivo) vão aprovar a ratificação feita pelo comité de candidaturas e depois submeterá a recomendação aos chefes de Estado da União Africana.

Depois de passar pela União Africana, disse, a candidatura vai à Assembleia Geral das Nações Unidas, para votação final.

Segundo o ministro, com esta aprovação pelo comité, o caminho traçado está a seguir a norma prevista.

Questionado sobre a importância que tem a eleição de Angola a membro não permanente do CS da ONU, Georges Chikoti afirmou que, com esta indicação, os outros países têm plena confiança de que Angola os representará da melhor forma na maior tribuna de decisões de questões mundiais.

"Portanto, uma eleição dessas passou pela região Austral, passou pela União Africana, e depois vai para Assembleia  Geral, quer dizer que de modo geral a maior parte dos parceiros internacionais tem confiança em Angola no tratamento de questões de paz e segurança e por isso elegem Angola para ir representa-los nesta instituição importante.

É também um sinal de que a nossa diplomacia tem estado a crescer e está em condições de responder naquilo que os outros queiram contar connosco", concluiu o chefe da diplomacia angolana.

Angola foi eleito pela primeira vez a membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU a 27 de Setembro de 2002 e ocupou o lugar no período de 2003 e 2004.

A 24ª sessão do Conselho Executivo da UA, órgão que prepara a agenda a ser submetida à Cimeira dos Chefes de Estado e de Governo da organização continental, a decorrer de 30 a 31 deste mês, foi antecedida da 27ª sessão ordinário do Comité de representantes permanentes (CRP) e do Retiro Ministerial, está última realizada em Bahir Dar, localidade que dista a 500 quilómetros de Adis Abeba.

Além da agricultura no continente, tema de destaque desta cimeira, estão abordagem questões ligadas à relação entre a UA e o TPI - Tribunal Penal Internacional, as candidaturas africanas aos órgãos internacionais, os conflitos em alguns países, como Sudão do Sul, República Centro Africana, entre outros.