News & Announcements

22/01/2014: Fundo Africano de Desenvolvimento financia sector dos transportes em Angola

Fundo Africano de Desenvolvimento financia sector dos transportes em Angola

Luanda - O Executivo angolano e o Fundo Africano de Desenvolvimento (FAD) rubricaram em Luanda, um acordo de crédito, avaliado em cerca de 505 milhões de kwanzas, para o financiamento do Projecto de Estudo para a Actualização do Plano Director para o Sector dos Transportes.

O estudo tem como objectivo desenvolver a actualização do Plano Director de forma a definir com clareza uma estratégia, as prioridades no sector dos transportes e as suas motivações em termos da expansão de infra-estruturas, no sentido de dotar o Governo de Angola de uma visão clara sobre o crescimento do sector, tendo como horizonte temporal o ano 2025.

Segundo apurou a Angop, o Plano Director deverá identificar acções e projectos prioritários com justificação, para a melhoria dos serviços de transporte e sua sustentabilidade, desenvolver capacidades  de boa administração do sector e munir o Executivo de mecanismos de apoio na tomada de decisões  referentes ao desenvolvimento de infra-estruturas afins.

Foram signatários do acordo, em representação do Executivo, o ministro do Planeamento e Desenvolvimento  Territorial, Job Graça (na qualidade de Governador de Angola junto do FAD), e o representante residente em  Angola do Banco Africano para o Desenvolvimento, Septime Martin, na presença do ministro angolano dos
Transportes, Augusto da Silva Tomás.

Em declarações à imprensa, no final da cerimónia, o titular do Planeamento explicou que cerca de 447  milhões de kwanzas do montante global correspondem a uma doação do Fundo Africano de Desenvolvimento, ao passo que o resto do valor (aproximadamente 58 milhões de kwanzas) tem a ver com a contrapartida.

Job Graça referiu que se trata de um importante acordo, visto que permitirá realizar duas actividades  fundamentais no domínio dos transportes -  o estudo para a actualização do Plano Director e a execução de determinados projectos chaves para a integração regional, sobretudo no domínio dos transportes ferroviários.

O representante residente do BAD em Angola, Septime Martin, enalteceu o acordo, salientando que quando os projectos são bem planeados têm êxitos e os resultados são de orgulhar para a  população.

Acrescentou que a actualização do Plano Director vai permitir que se tenha uma visão completa do sector dos transportes a nível nacional.

O responsável garantiu, na ocasião, que o Banco Africano para o Desenvolvimento vai continuar a apoiar o  Governo de Angola, em particular,  os projectos relacionados com o Corredor do Lobito.

"Este é o início de vários apoios que se vão seguir para ajudar Angola a desenvolver-se" – assegurou Septime Martin.

Já o ministro dos Transportes, Augusto da Silva Tomás, manifestou-se satisfeito com o  acordo, sublinhando que o mesmo vai permitir concretizar a interligação ferroviária entre as Repúblicas de Angola e da  Namibia.

Informou  ser intenção do Executivo viabilizar as ligações ferroviárias com outros países vizinhos,  com realce para Zâmbia e a RDC.