News & Announcements

20/01/2014: Artes angolanas estarão em exposição na Itália

Artes angolanas estarão em exposição na Itália

Luanda - Obras de artistas plásticos angolanos, nos mais variados estilos, estarão em exposição no período entre 22 de Janeiro e 23 de Fevereiro, em Roma (Itália).

Denominada Agenda Angola, a exposição é um diálogo entre as obras de Edson Chagas e as de Massongi Afonso "Afó", Costa Andrade "Ndunduma", Zan Andrade, Hildebrando De Melo, António Gonga, Jorge Gumbe, Paulo Jazz, Marco Kabenda, Sozinho Lopes, Sónia Lukene, João Mabuaka "Mayembe", Guilherme Mampwya, António Ole, Vítor Teixeira "Viteix", Fineza Teta "Fist", António Toko, Francisco Van-Dúnem "Van", Telmo Váz Pereira, Amândio Vemba, Landa Yeto.

O primeiro é um jovem artista que, aos 16 anos, deixou Luanda, capital de Angola e sua cidade natal, para estudar em Londres e Newport. Os outros são, na sua maioria, artistas formados em Angola, onde vivem e trabalham, e que ganharam o prémio ENSA-Arte, um galardão atribuído há 22 anos pela sociedade de seguros ENSA, SA a artistas emergentes.

Segundo Guido Schlinkert, no seu prefácio sobre o certame, o título da exposição, Agenda Angola, nasce da constatação de que a nova República de Angola mostra-se determinada a fazer valer a sua própria agenda e, de facto, consegue encontrar-se nas posições cimeiras das agendas de meio mundo (com destaque para a China).

Para além do termo "desenvolvimento económico", o país possui consideráveis recursos minerais e naturais, transformou-se num canteiro de obras e os investidores fazem fila para participar na economia que mais cresce em África e está entre as mais dinâmicas do mundo) na Agenda de Angola está patente o objectivo: "Internacionalizar a nossa cultura e a nossa arte".

Para a abertura deste evento, desloca-se a capital italiana, Roma, uma delegação do Ministério da Cultura, chefiada pela ministra Rosa Cruz e Silva, e integrada por artistas plásticos e quadros do sector.