News & Announcements

02/01/2014: Vice-presidente da República repartido entre a diplomacia e coordenação de comissões

Vice-presidente da República repartido entre a diplomacia e coordenação de comissões
Participou em três cimeiras de Chefes de Estado e de governo da União Africana, todas em Addis Abeba (Etiópia), tendo uma delas culminado com a assinatura de um acordo de paz e segurança para a República Democrática do Congo (RDC) e na região dos Grandes Lagos e a última alusiva as comemorações dos 50 anos da Organização de Unidade Africana (OUA), actual União Africana.

 

A margem das cimeiras o Vice-presidente avaliou a cooperação com o presidente da Comissão da União Europeia (EU), Manuel Durão Barroso e com os Chefes de Estado da Somália, Abdullahi Yusuf Ahmed, e da República Democrática do Congo (RDC), Joseph Kabila.

Avaliou relações de cooperação com o secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, e o líder parlamentar cubano, Esteban Lazo Hernandez,.

Assistiu a abertura dos debates da 68ª Assembleia geral da Nações Unidas tendo reafirmado o empenho do estado angolano nos esforços na manutenção da paz e defendeu o fortalecimento da capacidade da ONU na prevenção de conflitos e na gestão de crises e do empenho do governo para passar o país para a categoria de em desenvolvimento.

Apelou em Nova Iorque (EUA), aos investidores estrangeiros a investir em Angola por ser um país de direito, democrático e economicamente estável e manteve encontros com o Presidente do Ghana, John Dramani Mahama, e com o Primeiro-ministro da Nova Zelândia, John Kei.

O vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, assistiu as exéquias do líder sul-africano Nelson Mandela, falecido a 5 de Novembro, aos 95 anos de idade.

No ano que findou, Manuel Vicente concedeu audiências aos embaixadores de Cuba, Gisela Rivera, de São Tomé e Príncipe, Damião Vaz de Almeida, do Canadá, Lisa Staldelbauer,  da Argélia, Kamel Boughaba, da China, Gao Kexiang,  da Federaç~são Russa, Dmitry Lobach, da Coreia do Norte, Kim Lyon, do México, Hector Valezzi,  e do Brasil, Ana Lucy Peterson,

Falou ainda de cooperação com o encarregado dos Negócios da embaixada do Japão em Angola, Yuchi Miyagawa, com o Vice-presidente do Conselho de Ministros de Cuba, Ricardo Cabrisas Ruiz, os procuradores gerais da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) e com o Secretário-Executivo da Conferência Internacional da Região dos Grandes Lagos,  (CIRGL), Ntumba  Luaba.

Noutros encontros recebeu os ministros da Defesa de Portugal, José Pedro Aguiar Branco, e do Zimbabwe, Emerson Mnangagwa, com a sueca do Comércio, Ewa Bjorling, cubano para a Educação Superior, Rodolfo Ortiz, e os titulares dos Negócios Estrangeiros do Vietnam, Pham Binh Minh, de Cuba, Bruno Rodriguez Parrilla, e britânico para África, Mark Simmonds.

Privou ainda com o secretário Executivo da Comissão do Golfo da Guiné (CCG), Miguel Trovoada com o ex-secretário executivo da SADC, Tomás Salomão e secretário-geral da UCCLA, Vitor Ramalho, com os enviados especiais do primeiro -ministro Britânico, Lord Jonathan Marland, e do presidente sudanês do sul, Emmmanuel Lewila.

Esteve ainda com o líder do Parlamento timorense, Vicente Guterres, com o representante do Fundo das Nações Unidas para a Infância em Angola, Francisco Ferreira Songane, e com a  princesa belga Astrid.

O vice-presidente da República conferiu posse ao secretário de Estado do Interior, Hermenegildo José Luís, ao inspector-geral da Defesa Nacional, Francisco Torres Vaz da Conceição. ao novo secretário de Estado do Tesouro, Leonel Felisberto da Silva.

Conferiu ainda posse aos coordenadores da Unidade técnica de gestão do plano nacional de formação de quadros.

Na Itália, participou no Vaticano na missa solene que marcou o início do pontificado de sua Santidade o Papa Francisco, e em Turin na III Conferência Bienal da Democracia.

O vice-presidente presidiu ainda as reuniões das Comissões do Conselho de Ministros para a Economia Real, para a Política Social.

Manuel Vicente orientou as cerimónias de abertura dos anos lectivos do ensino geral, em Luanda, e académico (ensino superior), no Soyo, Zaire, tendo inaugurado escolas nas duas ocasiões.

Fez em Luanda a abertura simbólica do Censo Piloto 2013, ao receber na sua residência, à Cidade Alta, a equipa técnica de recenseadores.

Procedeu no Waku Kungo, província do Kwanza Sul, à abertura do fórum sobre o sector produtivo e empresarial local, em a abertura em Luanda, Conferência Internacional sobre o Centenário da Descoberta dos Primeiros Diamantes em Angola, III  Conferência da Iniciativa de cooperação para a Bacia do Atlântico e o VIII Congresso Internacional dos Médicos em Angola.

Em Malanje, o vice-presidente da República esteve duas vezes, tendo inaugurado o pavilhão Arena Palanca Negra, palco do torneio internacional em Hóquei em Patins "ZéDu", e se reuniu com as autoridades locais.

Na segunda vez, incluiu  o Kwanza Norte e se inteirou do projectos das centrais de aproveitamento hidroeléctricos de Laúca e de Cambambe e das fazendas Pedras Negras e Pungo Andongo.

Ainda em Luanda, Manuel Domingos Vicente inaugurou as novas instalações dos comandos da Polícia de Guarda Fronteira (PGF) e da Brigada Especial de Transito (BET) e em Benguela preside ao acto central do Dia da Independência Nacional e em Cabinda inaugurou, entre outros, um centro de análise de poluição e controlo ambiental e as fábricas de sabão e detergentes e de tubos PVC.