News & Announcements

19/12/2013: Executivo com programa ambicioso para melhoria do trabalho policial em 2014

Executivo com programa ambicioso para melhoria do trabalho policial em 2014

Luanda - O Executivo vai, em 2104, criar melhores condições de trabalho que concorrem para uma boa actuação do serviço policial, em especial para as áreas de investigação criminal e combate à imigração ilegal, através de um programa com verbas já cabimentadas.

A informação foi prestada  em Luanda pelo Comandante-Geral da Polícia Nacional, Ambrósio de Lemos, quando se debruçava sobre o estado da segurança no país.

De acordo com o Comissário-Geral, as perspectivas para 2014 são das melhores, “porquanto o Executivo já disponibilizou verbas que são avultadas para poder, em 2014, ter uma polícia de investigação criminal capaz em todas as suas esferas”.

Em termos de operacionalidade, disse, na investigação, procura e esclarecimento do crime, há toda a necessidade da corporação potenciar técnica e profissionalmente os elementos afectos a investigação criminal.

A par disso, referiu que a polícia de Guarda Fronteira será reforçada com meios técnicos e humanos, para dar um combate cerrado à imigração ilegal que nos últimos tempos ganha contornos preocupantes no país.

Por outro lado, disse ser intenção da instituição criar, nos próximos tempos, um instituto de medicina legal forense, “para que realmente muitas das situações que por vezes são dúbias em tribunal, sejam devidamente comprovadas laboratorialmente”.

“Portanto, o ano de 2014 vai trazer um melhor desempenho da polícia, em função daquilo que está traçado no seu orçamento”, concluiu.

Luanda - O Executivo vai, em 2104, criar melhores condições de trabalho que concorrem para uma boa actuação do serviço policial, em especial para as áreas de investigação criminal e combate à imigração ilegal, através de um programa com verbas já cabimentadas. Luanda - O Executivo vai, em 2104, criar melhores condições de trabalho que concorrem para uma boa actuação do serviço policial, em especial para as áreas de investigação criminal e combate à imigração ilegal, através de um programa com verbas já cabimentadas.