News & Announcements

20/11/2013: Angola: PR continua a receber felicitações pelo aniversário da Independência Nacional

Angola: PR continua a receber felicitações pelo aniversário da Independência Nacional

Luanda - Dos vários continentes continuam a chegar mensagens de felicitações pelo aniversário da Independência Nacional, assinalado a 11 de Novembro, dirigidas ao Presidente da República, José Eduardo dos Santos.

Na sua mensagem, o Presidente francês, François Hollande, deseja que Angola e a França "continuem a alargar o seu diálogo político e a desenvolver a sua cooperação, nomeadamente nas questões ligadas à paz e segurança no continente africano", indica uma nota da Casa Civil do Presidente da República chegada hoje à Angop.

François Hollande afirma estar "convicto de que Angola desempenha um papel determinante na emergência económica de África" e faz votos para que "o desenvolvimento dos laços económicos entre os dois países possa favorecer ainda mais esta emergência".

Por sua vez, o Presidente da República Italiana, Giorgio Napolitano, deseja "sinceros votos de paz e prosperidade para Angola" e diz "estar certo de que os vínculos de amizade e colaboração entre ambos os países se vão aprofundar ulteriormente, tanto no plano político e económico como no quadro da colaboração com a União Europeia e com a Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral".

Do Reino Unido, a Rainha Elizabeth II envia "as mais calorosas saudações" e deseja "os melhores votos de mais um ano de prosperidade e felicidade para o povo angolano". Iguais votos foram expressos pelo Rei da Suécia.

O Presidente da República de Cuba, Raul Castro Ruz, apresenta por sua vez "fraternais felicitações" e reitera "a vontade de continuar a fortalecer os estreitos laços de amizade e cooperação que unem os nossos países irmãos".

Do continente africano chegaram mensagens do Rei de Marrocos e dos presidentes do Zimbabwe, da Guiné Equatorial, do Egipto e da República Árabe Saharoui Democrática.

O Presidente Robert Mugabe, do Zimbabwe, reconhece "os excelentes laços de amizade e de solidariedade que existem entre os dois povos e países" e diz "estar pronto para continuar a trabalhar com Angola não só no aprofundamento das relações bilaterais, mas também no tratamento dos desafios comuns que enfrentam na região e no continente".

Por sua vez, o Presidente da Guiné Equatorial, Obiang Nguema Mbasogo, reafirma "a firme vontade de fortalecer as excelentes relações de amizade e cooperação existentes entre os dois países".

O Rei Mohammed VI, do Reino de Marrocos e o Presidente da República Árabe do Egipto, Adly Mansour, saúdam o estadista angolano e desejam ao povo angolano "mais progresso, bem-estar e prosperidade", e o Presidente da RASD, Mohamed Abdelaziz, diz "estar seguro de que os laços de amizade e cooperação que sempre uniram os dois povos continuarão a melhorar e a reforçar-se nos anos vindouros".

Provenientes da Ásia são as mensagens do Presidente da República da Coreia, Park Geun-hye, e do Presidente da República Socialista do Vietname, Truong Tan Sang, que formula votos de que "o povo angolano continue a alcançar novos e maiores sucessos na construção e no desenvolvimento nacional" e de que "os laços de amizade e de cooperação tradicionais entre os dois países se desenvolvam e consolidem cada vez mais".

Também o Governador-Geral da Commonwealth da Austrália, Quentin Bryce, felicita calorosamente o Presidente e o povo angolano e afirma que "a relação de amizade entre a Austrália e Angola continua a crescer com base numa série de interesses comuns" e que o seu país está disposto a "ajudar Angola a lidar com as prioridades do seu desenvolvimento, incluindo a capacitação de recursos humanos, através de oportunidades de educação e formação apoiadas pelo governo australiano".