News & Announcements

20/11/2013: Angola e Itália assinam acordo de cooperação no domínio da defesa

Angola e Itália assinam acordo de cooperação no domínio da defesa

Roma - Angola e a Itália assinaram terça-feira, em Roma, um acordo de cooperação no domínio da defesa nas áreas de política de defesa, segurança internacional e formação.

O ministro da Defesa, Cândido Pereira dos Santos Van-Dúnem, na Itália desde segunda-feira, rubricou o acordo com o seu homólogo italiano, Mário Mauro, numa cerimonia que teve lugar na sede do ministério da Defesa da Itália.

O acordo, que visa reforço da cooperação entre os dois países, estende-se também à formação e treino no domínio militar, inteligência, colaboração em operações humanitárias e de apoio à paz, busca, salvamento, desminagem e assistência médica e medicamentosa.

As partes acordaram ainda cooperar nos domínios da legislação militar, desporto e cultura, ciência e tecnologia de interesse militar e indústria de defesa.

Antes da assinatura do protocolo, o ministro da Defesa de Angola, General Cândido Van - Dúnem foi recebido pelo Chefe do Estado-Maior de Defesa, almirante Luigi Binelli Mantelli, que confirmou ao seu interlocutor a disponibilidade da Itália apoiar com a sua experiência militar as Forças Armadas de Angola.

Durante a sua estada na Itália, o titular da Defesa que encabeça uma delegação de oficiais-generais e altos funcionários de diversos ramos das forças armadas angolanas, manteve ainda um encontro de trabalho com o secretário-geral do ministério da Defesa italiano, general Enzo Stefanini.

A comitiva angolana, integrada também pelo embaixador de Angola na Itália, Florêncio de Almeida, terá ainda contactos com dirigentes da Fincantieri, complexo de construção de navios cruzeiros, fragatas, corvetas e submarinos, bem como com a Rheinmetall Italia, especializada em equipamento militar para a mobilidade, reconhecimento, letalidade e sobrevivência de tropas em perigo.

O programa da visita prevê, por outro lado, visitas a alguns empreendimentos fabris militares do Grupo Finmeccanica (Selex Es, Telespazio e AugustaWestland), conglomerado italiano líder em alta tecnologia, que actua em projectos e fabricação de helicópteros, material electrónico de defesa, aeronaves comerciais e militares, estruturas aéreas, satélites e mísseis.

Segunda-feira, o ministro Cândido Van -Dúnem visitou as instalações da Missão Diplomática de Angola na Itália, onde foi acolhido pelo Embaixador Florêncio de Almeida.

A Itália foi o primeiro país da Europa ocidental a reconhecer o Estado angolano e em 1976 estabeleceu relações diplomáticas, consideradas até agora pelas partes de excelentes.

As mesmas têm sido dinamizadas por acordos de cooperação em vários domínios, como a entrada em vigor, em Julho último, do acordo sobre a  supressão de vistos para portadores de passaportes diplomáticos e de serviço.